EURO R$ 5,98 -0,71% MGLU3 R$ 6,71 -7,06% DÓLAR R$ 5,37 -0,75% BBDC4 R$ 22,60 +1,44% PETR4 R$ 32,54 -3,96% ABEV3 R$ 14,93 -3,05% ITUB4 R$ 24,79 +1,35% IBOVESPA 111.910,10 pts -0,62% GGBR4 R$ 28,07 +0,39% VALE3 R$ 83,66 -0,98%
EURO R$ 5,98 -0,71% MGLU3 R$ 6,71 -7,06% DÓLAR R$ 5,37 -0,75% BBDC4 R$ 22,60 +1,44% PETR4 R$ 32,54 -3,96% ABEV3 R$ 14,93 -3,05% ITUB4 R$ 24,79 +1,35% IBOVESPA 111.910,10 pts -0,62% GGBR4 R$ 28,07 +0,39% VALE3 R$ 83,66 -0,98%
Delay: 15 min
Últimas notícias

EUA criam 235 mil vagas em agosto, menos que o esperado

Por outro lado, a taxa de desemprego dos EUA recuou de 5,4% em julho para 5,2% em agosto

emprego-desemprego-fila
Fila de pessoas buscando emprego. Foto: Werther Santana/Estadão

(Estadão Conteúdo) – A economia dos Estados Unidos criou 235 mil empregos em agosto, em termos líquidos, segundo dados publicados hoje pelo Departamento do Trabalho do país. O resultado ficou bem abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, que previam a geração de 400 mil a 900 mil vagas no último mês, com a mediana em 750 mil.

Por outro lado, a taxa de desemprego dos EUA recuou de 5,4% em julho para 5,2% em agosto, como se previa.

Além disso, o Departamento do Comércio revisou para cima os números de geração de postos de trabalho de julho, de 943 mil para 1,053 milhão, e também de junho, de 938 mil para 962 mil.

Em agosto, o salário médio por hora aumentou 0,56% em relação a julho, ou US$ 0,17, a US$ 30,73. Neste caso, a previsão era de alta menor, de 0,30%. Na comparação anual, houve acréscimo salarial de 4,28% em agosto, também acima do avanço previsto de 3,90%.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos