DÓLAR R$ 5,28 -1,37% MGLU3 R$ 19,53 -1,86% EURO R$ 6,36 -1,01% ITUB4 R$ 27,21 -0,95% BBDC4 R$ 23,82 -0,08% ABEV3 R$ 16,11 +8,41% GGBR4 R$ 35,47 +2,96% IBOVESPA 119.467,59 pts -0,08% PETR4 R$ 23,63 -0,84% VALE3 R$ 114,20 +3,15%
DÓLAR R$ 5,28 -1,37% MGLU3 R$ 19,53 -1,86% EURO R$ 6,36 -1,01% ITUB4 R$ 27,21 -0,95% BBDC4 R$ 23,82 -0,08% ABEV3 R$ 16,11 +8,41% GGBR4 R$ 35,47 +2,96% IBOVESPA 119.467,59 pts -0,08% PETR4 R$ 23,63 -0,84% VALE3 R$ 114,20 +3,15%
Delay: 15 min
Últimas notícias

CNI: Decisão da Ford é alerta para governo pela redução do Custo Brasil

Jim Farley, CEO da Ford Motor Co.
Jim Farley, CEO da Ford Motor Co. (Foto: Rebecca Cook/Reuters)
  • A Ford informou que tomou a decisão após anos de perdas significativas no Brasil

(Estadão Conteúdo) – A Confederação Nacional da Indústria (CNI) pontuou, em nota enviada à imprensa, que a decisão da montadora Ford de fechar as fábricas no Brasil é um sinal para a necessidade de se avançar em medidas para a redução do Custo Brasil. A entidade enumera que o alerta é endereçado aos governos federal, de Estados e municípios, além do Congresso Nacional.

“O Brasil tem de lutar para melhorar sua competitividade, pois, além das fábricas, há toda uma cadeia automotiva que inclui redes de concessionárias, fornecedores de partes e peças e diversos outros serviços. Essa decisão reforça a urgência de se avançar na agenda de competitividade e redução do Custo Brasil”, escreveu o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi.

Em comunicado, a Ford informou que tomou a decisão após anos de perdas significativas no Brasil. A multinacional americana acrescenta que a pandemia agravou o quadro de ociosidade e redução de vendas na indústria. A montadora emprega 5,3 mil pessoas nas três fábricas que estão sendo desativadas. (Equipe AE)

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos