MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,55 +0,74% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% VALE3 R$ 74,62 +3,21% ABEV3 R$ 13,67 +2,48% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% PETR4 R$ 26,29 -0,60%
MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,55 +0,74% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% VALE3 R$ 74,62 +3,21% ABEV3 R$ 13,67 +2,48% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% PETR4 R$ 26,29 -0,60%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Ibovespa sobe mais de 1% com exterior e alívio na curva de juros

B3 e Itaú Unibanco foram as maiores contribuições aos ganhos do índice Ibovespa

Ibovespa sobe mais de 1% com exterior e alívio na curva de juros
Alta das commodities impulsionou Ibovespa e deixou fundos de ações para trás. Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

O principal índice da bolsa brasileira teve firme alta nesta quinta-feira, diante de dia positivo em Wall Street, após uma série de dados econômicos fracos nos Estados Unidos corroborar a leitura de que o banco central norte-americano não deve elevar os juros de modo mais agressivo.

O mercado também foi beneficiado por queda nos juros futuros localmente.

B3 e Itaú Unibanco foram as maiores contribuições aos ganhos do índice, enquanto Cielo disparou após o JPMorgan elevar recomendação para o papel. O setor de energia elétrica caiu em bloco do outro lado.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa subiu 1,31%, a 112.031,57 pontos, no maior fechamento desde 20 de abril. O volume financeiro foi de 24 bilhões de reais.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos