EURO R$ 5,22 -0,86% MGLU3 R$ 4,02 +0,00% DÓLAR R$ 5,17 +0,00% ABEV3 R$ 16,00 +2,89% BBDC4 R$ 19,88 +0,71% ITUB4 R$ 27,27 -0,29% PETR4 R$ 33,46 +2,14% GGBR4 R$ 24,30 -1,66% IBOVESPA 113.812,87 pts +0,09% VALE3 R$ 67,77 -0,67%
EURO R$ 5,22 -0,86% MGLU3 R$ 4,02 +0,00% DÓLAR R$ 5,17 +0,00% ABEV3 R$ 16,00 +2,89% BBDC4 R$ 19,88 +0,71% ITUB4 R$ 27,27 -0,29% PETR4 R$ 33,46 +2,14% GGBR4 R$ 24,30 -1,66% IBOVESPA 113.812,87 pts +0,09% VALE3 R$ 67,77 -0,67%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Powell aponta que dólar forte tende a ser desinflacionário para os EUA

Andrew Bailey, presidente do BoE, também disse que a instituição não estabelece meta para o nível da libra

Powell aponta que dólar forte tende a ser desinflacionário para os EUA
Jerome Powell, presidente do Fed. Foto: Nate Palmer/The New York Times

Por André Marinho – O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, afirmou hoje que o fortalecimento do dólar no mercado internacional tende a ter efeito desinflacionário marginal para os Estados Unidos.

Durante fórum organizado pelo Banco Central Europeu (BCE), em Portugal, o dirigente ponderou que a autoridade monetária não tem “responsabilidade” sobre o nível da moeda americana e que monitora o câmbio apenas como um dos componentes da situação financeira.

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Andrew Bailey, também disse que a instituição não estabelece meta para o nível da libra. Segundo ele, o Reino Unido deve enfrentar uma persistência maior na escalada da inflação, por conta dos choques nos preços de energia em decorrência da guerra na Ucrânia.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos