EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Produção de petróleo no Brasil cai 8% em fevereiro, diz ANP

  • Do total produzido, um volume de 2,6 milhões de boe/d, ou 73%, veio do pré-sal

(Reuters) – A produção média de petróleo no Brasil somou 2,73 milhões de barris de petróleo por dia em fevereiro, queda de 8% ante o mesmo mês do ano anterior, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta quarta-feira.

Somando a produção de petróleo e gás, o país produziu média de 3,55 milhões de barris de óleo equivalente (boe/d) no segundo mês do ano, queda de 6% na comparação com um ano antes.

Não ficou imediatamente claro o motivo da queda.

Do total produzido, um volume de 2,6 milhões de boe/d, ou 73%, veio do pré-sal.

Segundo a agência reguladora, foi “o maior percentual de participação do pré-sal na produção nacional já registrado”.

Os campos de Búzios e Tupi, ambos no pré-sal da Bacia de Santos, são os maiores produtores do Brasil.

A ANP informou ainda que a Petrobras, como concessionária, produziu em fevereiro média de 2,084 milhões de barris de petróleo por dia, queda de aproximadamente 2,5% ante o mesmo mês de 2020.

Já a angloholandesa Shell, maior produtora privada no Brasil e principal sócia da Petrobras em campos em produção no pré-sal, produziu em fevereiro 328,07 mil barris de petróleo por dia, recuo de cerca de 13% na mesma comparação.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos