EURO R$ 6,23 +0,02% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% PETR4 R$ 26,84 +4,06% VALE3 R$ 78,91 -0,35%
EURO R$ 6,23 +0,02% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% PETR4 R$ 26,84 +4,06% VALE3 R$ 78,91 -0,35%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Rio Tinto dobra lucro semestral em relação ao ano passado

O resultado semestral da empresa é considerado um recorde

minério de ferro
Um pedaço de minério de ferro nas mãos de um mineiro da Austrália: demanda da China e oferta do Brasil são fiéis da balança dessa commodity. (David Gray/ Reuters)

(Reuters) A Rio Tinto reportou nesta quarta-feira, 28, um resultado semestral recorde, impulsionado pelo aumento nos preços do minério de ferro e pela forte demanda chinesa, o que levou a mineradora a pagar 9,1 bilhões de dólares em dividendos.

O lucro semestral da Rio mais que dobrou em relação ao ano anterior, à medida que um grande impulso da China –maior consumidora global de minério de ferro– à infraestrutura e problemas de oferta no Brasil levaram os preços da matéria-prima siderúrgica a máximas recordes neste ano.

“É um resultado incrível, mesmo que seja totalmente guiado pelos preços das commodities”, disse Brenton Saunders, gerente de portfólio da Pendal Group, que investe na Rio.

A maior produtora de minério de ferro do mundo afirmou que o preço médio realizado da commodity quase dobrou na comparação com igual período do ano passado, para 168,40 dólares por tonelada (FOB).

O salto nos preços ajudou a levar o lucro básico da mineradora a 12,17 bilhões de dólares no período, ante 4,75 bilhões de dólares na mesma etapa de 2020 –superando o consenso de 12,01 bilhões de dólares, conforme estimativas de 14 analistas compiladas pela Vuma.

A empresa declarou um dividendo especial de 1,85 dólar por ação e um dividendo provisório de 3,76 dólares por ação, superando as expectativas em cerca de 6% e mais do que triplicando o pagamento total frente ao primeiro semestre do ano passado, quando atingiu 1,55 dólar/ação.

 

 

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos