MGLU3 R$ 23,30 +1,08% EURO R$ 6,25 +0,23% DÓLAR R$ 5,14 +0,00% BBDC4 R$ 25,58 -1,31% ITUB4 R$ 29,96 -0,07% ABEV3 R$ 14,70 -1,21% GGBR4 R$ 22,48 -4,10% IBOVESPA 112.291,59 pts +0,37% VALE3 R$ 78,96 -1,10% PETR4 R$ 26,64 +2,82%
MGLU3 R$ 23,30 +1,08% EURO R$ 6,25 +0,23% DÓLAR R$ 5,14 +0,00% BBDC4 R$ 25,58 -1,31% ITUB4 R$ 29,96 -0,07% ABEV3 R$ 14,70 -1,21% GGBR4 R$ 22,48 -4,10% IBOVESPA 112.291,59 pts +0,37% VALE3 R$ 78,96 -1,10% PETR4 R$ 26,64 +2,82%
Delay: 15 min

Os recibos de ações estrangeiras, conhecidos como BDRs, entraram na vida de todo investidor brasileiro.

São centenas de novas empresas que passaram a ficar disponíveis no mercado local.

E, por que não dizer, a competir com as ações de empresas brasileiras.

É comum você ouvir que agora pode comprar BDRs de Amazon, Apple, Netflix ou Google.

Mas será que só vale para empresas americanas?

Não, ao contrário. Qualquer empresa listada numa bolsa de valores internacional pode ter um BDR brasileiro.

Quer um exemplo: a chinesa Alibaba já está na bolsa brasileira.

Assim como a mexicana América Móvil, a australiana BHP, a inglesa British American Tobacco ou a japonesa Honda.

Há muito mais empresas que, em breve, devem ficar disponíveis para o investidor brasileiro.

A melhor parte é que você passa a ter um leque maior de opções para diversificar os seus investimentos.

Eu sou o Márcio Kroehn, editor-chefe do portal einvestidor ponto com ponto br, e esse foi o Minuto E-Investidor de hoje.

Até o próximo.

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos