EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
Delay: 15 min

Sua viagem cabe no bolso

Formada em jornalismo, com especialização em mídias digitais pela Universidade da Califórnia, Berkeley, Valéria Bretas já passou pelos maiores veículos de comunicação do País e hoje é editora no E-Investidor. Ao longo de sua carreira, também aperfeiçoou técnicas de planejamento financeiro aplicadas em viagens.

Escreve mensalmente, às sextas-feiras.

Instagram: @moneypackers

Valéria Bretas

8 países da América Latina que já abriram as fronteiras para os brasileiros

Em geral, os países exigem que o viajante apresente um exame RT-PCR negativo para covid-19 feito até 72 horas antes do embarque

chile
San José de Maipo, no Chile (Foto: Valéria Bretas)
  • 2020 não foi um ano fácil para a aviação: as companhias aéreas devem encerrar o ano com um prejuízo global de US$ 118,5 bilhões
  • O quadro para as viagens internacionais ainda é instável por conta dos novos surtos da doença em algumas regiões ao redor do mundo
  • A boa notícia é que o turismo na América Latina já esboça alguns sinais de retomada

2020 não foi um ano fácil para os viajantes. Como se uma recessão econômica global não fosse suficiente, a pandemia de coronavírus prendeu as pessoas em casa e barrou qualquer possibilidade de explorar novos países. Os efeitos negativos não foram sentidos apenas pelos passageiros: as companhias aéreas devem encerrar o ano com um prejuízo global de US$ 118,5 bilhões, segundo projeção da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata).

O quadro para as viagens internacionais é instável por conta dos novos surtos da doença em algumas regiões e das medidas de restrição na hora do desembarque. Ainda assim, a ansiedade para fazer as malas é grande.

Uma pesquisa realizada pelo Booking.com com 20,9 mil pessoas de 28 países mostra que 67% dos brasileiros estão animados e sonham em viajar de novo para retomar as experiências ao redor do mundo quando o período de restrições chegar ao fim.

A boa notícia é que o turismo na América Latina já esboça alguns sinais de retomada e há pelo menos 8 destinos que reabriram as fronteiras para os brasileiros, de acordo com dados coletados pela Iata.

Em geral, os países exigem que a pessoa apresente um exame RT-PCR negativo para covid-19 feito até 72 horas antes do embarque. Antes de comprar as passagens, no entanto, os passageiros precisam checar se há novas exigências para ingressar no respectivo país. A Argentina, por exemplo, havia liberado a entrada de passageiros nessas condições, mas decidiu fechar as portas nesta semana e agora só estão liberados os cidadãos e residentes argentinos.

Veja os 8 destinos liberados*:

Paraguai

Há exigência de preencher um formulário com 24 horas de antecedência, ter o exame de covid-19 negativo e não ter passagem pelo Reino Unido nos últimos 14 dias.

Bolívia

A única exigência para os brasileiros é apresentar o teste RT-PCR negativo que tenha sido realizado 3 dias antes do voo. O país não permite a entrada de passageiros que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias.

Chile

Viajantes com passagem pelo Reino Unido nos últimos 14 dias não estão autorizados a entrar no país até o dia 5 de janeiro de 2021. O governo chileno também exige o preenchimento de uma declaração com 48 horas de antecedência ao embarque e o teste negativo de covid feito três dias antes.

Colômbia

Os voos para o país estão liberados, mas é necessário preencher um formulário de controle migratório 48 horas antes do embarque.

Costa Rica

O trajeto está aberto para dois aeroportos: San Jose (SJO) e Liberia (LIR). Além disso, um formulário de entrada no país deve ser preenchido on-line e apresentado na hora do embarque.

México

Para entrar no México, o viajante precisa apenas preencher um formulário de identificação de riscos. Não há outras exigências.

Guatemala

A Guatemala exige o exame negativo de RT-PCR para covid-19 e pede o preenchimento de um formulário on-line antes do dia de embarque.

República Dominicana

Pessoas que passaram pelo Reino Unido estão proibidas de entrar no País até o dia 10 de janeiro. Para entrar no destino, é necessário completar uma declaração antes do voo e há possibilidade de passar por inspeção médica na hora do desembarque.


*As informações foram coletadas no dia 29 de dezembro de 2020. Clique aqui para checar as atualizações.

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos