Publicidade

Comportamento

Brasil é o 3º país que mais instala aplicativos financeiros no mundo

Número de downloads deles representam 8,5% de todos os downloads

Brasil é o 3º país que mais instala aplicativos financeiros no mundo
Aprenda a planejar seu orçamento com a ajuda de alguns apps para finanças pessoais
  • 8,5% de todas as instalações no Brasil são de aplicativos financeiros, mais que o dobro da taxa global
  • No mundo, a cada 100 aplicativos baixados, cinco são de serviços financeiros
  • 70% dos aplicativos financeiros são bancos tradicionais e digitais, 15% são apps de investimentos e outros 15% são serviços financeiros

Cuidar das finanças pessoais nunca foi simples. Porém, nos últimos anos, a tarefa ficou mais fácil com a popularização de aplicativos que ajudam no controle financeiro. É o que aponta um estudo inédito da AppsFlyer, que coloca o país como o terceiro que mais instala aplicativos de finanças no mundo.

De 2017 até 2019, os brasileiros baixaram 4,5 vezes mais apps deste segmento. Hoje esses aplicativos representam 8,5% de todas as instalações no Brasil, mais que o dobro da taxa global.

No mundo, a participação no mercado aumentou em 80% em 2019, o dobro da taxa de crescimento de 2018. Além disso, a pesquisa aponta que, globalmente, a cada 100 aplicativos baixados em 2019, cinco foram de serviços financeiros.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Os 10 países que mais baixaram apps de serviços financeiros

  • 1° Índia
  • 2º Indonésia
  • 3º Brasil
  • 4º Rússia
  • 5º Estados Unidos
  • 6º Filipinas
  • 7º Vietnã
  • 8º México
  • 9º Coreia do Sul
  • 10º Japão

Aqui, 70% dos aplicativos financeiros são bancos tradicionais e digitais, 15% são aplicativos de investimentos e outros 15% são serviços financeiros. “Aumentou muito a necessidade do investidor e da pessoa que quer se organizar financeiramente de encontrar formas mais simples para fazer isso”, diz Tiago Siqueiros, superintendente de produtos digitais da Ágora Investimentos.

Número pode aumentar com a crise

Flávia Ávila, especialista em Economia Comportamental, afirma que os brasileiros ainda têm muitas dificuldades em se organizar financeiramente. E essas plataformas proporcionam uma forma mais visual para o planejamento. “Eles mostram de uma forma muito rápida e intuitiva nossas finanças e é isso que queremos”, diz ela.

Dez aplicativos para você organizar sua vida financeira

Os dois especialista consultados pelo E-Investidor acreditam que o número pode aumentar ainda mais esse ano por conta do caos financeiro que a crise da covid-19 causou no País. “As pessoas estão parando mais para pensar no assunto com a crise, então elas vão procurar cada vez mais esses aplicativos”, ressalta Flávia.

Para Siqueiros, da Ágora, as pessoas estão percebendo que é mais fácil se organizar e investir por estes aplicativos. “As pessoas estão buscando aplicativos para nortear seus gastos pessoais e isso tende a crescer em um momento difícil como esse”, completa.

No levantamento, a AppsFlyer avaliou 800 milhões de instalações, 150 milhões de abertura de apps e 60 milhões de usuários ativos diariamente no Brasil.

Publicidade

Web Stories

Ver tudo
<
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos