Publicidade

Comportamento

Desenrola: pesquisa revela que 30% dos brasileiros bancarizados não conhecem o programa

Programa de renegociação é mais citado por clientes de bancos tradicionais do que digitais

Desenrola: pesquisa revela que 30% dos brasileiros bancarizados não conhecem o programa
O programa Desenrola Brasil pode ser uma oportunidade para quem busca sair do vermelho (Foto: Envato Elements)

O programa Desenrola Brasil, focado em renegociação de dívidas dos brasileiros, acaba na próxima segunda-feira (20). A data foi a segunda prorrogação de encerramento do programa lançado em julho de 2023, editada em medida provisória (MP).

Mesmo na reta final, uma pesquisa realizada pelo NPS Prism, plataforma da consultoria estratégica global Bain & Company, com mais de 18 mil brasileiros no final de 2023 aponta que 30% dos entrevistados desconhecem a iniciativa. Entre os que já ouviram falar dele, somente 18% afirmam que tentaram usar ou realmente fizeram uso do benefício.

Entre a população de baixa renda, 38% dos respondentes alegaram nem sequer saber da existência do Desenrola. Contudo, 64% desses clientes em situação financeira mais delicada, ou seja, que declaram gastar mais do que ganham, conhecem o programa.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Além disso, os clientes de instituições financeiras tradicionais têm maior conhecimento sobre o programa, de 76%, enquanto entre os clientes de bancos digitais esse índice recua para 64%.

O levantamento também mostra que a comunicação do programa atingiu mais pessoas com acesso a produtos de crédito, chegando a 73% daqueles que possuem cartão de crédito, empréstimo pessoal, consórcio, financiamento de veículos, crédito imobiliário ou crédito consignado. Já entre aqueles que não têm tais produtos, essa parcela cai para 57%.

Por fim, o estudo mostra que o nível de conhecimento é semelhante entre os tipos de produtos de crédito, mas a utilização varia. Os brasileiros com empréstimos pessoais e outros produtos de crédito têm uma tendência maior a usar o programa (26%) na comparação com quem possui apenas cartões de crédito (17%), por exemplo.

Web Stories

Ver tudo
<
>