Educação Financeira

Imposto de Renda 2024: quando começa a declaração?

Este ano, a Receita Federal estabeleceu uma padronização do prazo para a entrega das declarações

Imposto de Renda 2024: quando começa a declaração?
Imposto de Renda 2024: quando começa a declaração? Imagem: Adobe Stock
  • Neste ano, o governo implementou algumas mudanças, buscando simplificar e organizar o processo para os contribuintes. Entre as novidades, a Receita Federal estabeleceu uma padronização do prazo para a entrega das declarações;
  • Apesar de o período de entrega das declarações do Imposto de Renda 2024 ainda não ter sido iniciado, é aconselhável que os contribuintes se preparem antecipadamente;
  • Para declarar, é necessário ter em mãos dois tipos de documentos, que precisam ser anexados ao processo: documentos de identificação e comprobatórios.

O período de declaração do Imposto de Renda (IR) 2024 já está próximo e, por isso, é importante conhecer as regras desse tributo para evitar complicações com a Receita Federal. Neste ano, o governo implementou algumas mudanças, buscando simplificar e organizar o processo para os contribuintes.

Entre as novidades, a RF estabeleceu uma padronização do prazo para a entrega das declarações, trazendo mais previsibilidade aos cidadãos. A partir de 2024, todos os contribuintes deverão entregar a declaração entre 15 de março e 31 de maio, independentemente do seu grupo prioritário.

Apesar de o período de entrega das declarações do Imposto de Renda 2024 ainda não ter sido iniciado, é aconselhável que os contribuintes se preparem antecipadamente. Organizar todos os documentos necessários antes do prazo pode facilitar o preenchimento da declaração e reduzir a possibilidade de cair na malha fina.

Publicidade

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Para declarar, é necessário ter em mãos dois tipos de documentos, que precisam ser anexados ao processo: documentos de identificação e comprobatórios.

  • Identificação: são os documentos de identidade oficiais e os documentos de representação. Eles são essenciais para demonstrar se é você quem está realizando a declaração ou está representando alguém;
  • Comprovantes (documentos comprobatórios): documentos que comprovam o que foi relatado na declaração, como salário, residência, entre outros. Além disso, são importantes comprovar a liberação de uma certidão de regularidade fiscal.

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos