Educação Financeira

Leilão de imóvel: quanto tempo demora para o comprador tomar posse?

O tempo que você pode levar para ter a posse do produto que comprou varia de 3 meses a um ano; entenda

Leilão de imóvel: quanto tempo demora para o comprador tomar posse?
Qual é a média de tempo que um imóvel adquirido em leilão fica em posse do comprador? Imagem: Adobe Stock

Os leilões de imóveis são procurados por aqueles que desejam boas oportunidades por um preço mais acessível. Eles são organizados geralmente por instituições bancárias e é possível tentar uma chance de compra com qualquer entrada.

As informações são disponibilizadas nos sites das próprias instituições, onde é possível mapear as datas dos leilões, o valor dos lances, quantos imóveis serão ofertados e onde estão localizados.

As melhores oportunidades para quem visa um imóvel e tem pouco dinheiro para dar de entrada estão em feirões e em leilões promovidos por bancos tradicionais, como Caixa Econômica Federal, Banco do BrasilBradescoItaú e Santander.

Em quanto tempo terei a posse do imóvel?

Se você adquiriu um imóvel, a posse não é imediata. O tempo que você pode levar para ter a posse do produto que comprou varia de 3 meses a um ano. Contudo, antes de entender os prazos, é necessário identificar em qual tipo de leilão o imóvel foi adquirido.

Atualmente, existem o leilão extrajudicial e o judicial. O primeiro é realizado por iniciativa do próprio proprietário ou por uma instituição financeira que detém o bem em garantia de uma dívida não paga. Já o segundo é uma determinação proferida por um juiz para a venda de algum bem e o valor arrecadado é transmitido para quitar as dívidas do credor.

Publicidade

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Assim, o registro da documentação de um imóvel arrematado em leilão extrajudicial ocorre dentro de 60 dias da arrematação, em média, já é possível haver o registro do imóvel em nome do arrematante. Porém, não garante a posse do imóvel que, tem prazo variando de 3 a 6 meses, caso haja ação judicial com pedido de desocupação do imóvel.

No caso do leilão judicial, leva em média de 3 a 9 meses para a regularização da documentação em nome do arrematante. Para a posse, o prazo varia de 4 a 12 meses através de um mandado judicial de imissão na posse.