Publicidade

Investimentos

BB Seguridade (BBSE3): quanto renderam R$ 10 mil, R$ 50 mil e R$ 100 mil nos últimos 5 anos?

Analistas seguem otimistas com a companhia e projetam dividend yield de até 10% em 2024

BB Seguridade (BBSE3): quanto renderam R$ 10 mil, R$ 50 mil e R$ 100 mil nos últimos 5 anos?
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após lucrar R$ 2,05 bilhões no quarto trimestre de 2023, alta de 13,7% em relação ao ano anterior, a BB Seguridade (BBSE3) anunciou a distribuição de um provento gordo, de R$ 2,455 bilhões, equivalente a R$ 1,26 por ação.

Os investidores devem receber a bolada no dia 22 de fevereiro, desde que tenham posição na companhia até o fechamento desta quinta-feira (8).

Mas quanto será que a BB Seguridade entregou de rentabilidade e dividendos aos investidores que aplicaram R$ 10 mil, R$ 50 mil e R$ 100 mil nas ações BBSE3 há 5 anos. Levantamento de Felipe Pontes, cofundador da L4 Capital, traz a resposta. Veja abaixo:

O que o mercado diz de BB Seguridade?

O resultado da BB Seguridade agradou o mercado, embora a companhia confirmou desaceleração do seu crescimento no guidance (projeção) divulgado para 2024.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Para a Genial Investimentos, o lucro no 4tri23 foi beneficiado pela unidade de seguros que teve melhoras no índice de sinistralidade e leve aumento nos prêmios emitidos. Já o resultado da unidade de previdência não foi tão bom, impactado por uma taxa de imposto maior.

Segundo os analistas da Genial, mesmo com possível desaceleração nos resultados de 2024, a BBSE3 estaria com um valuation (avaliação) atrativo e potencial de valorizar até os R$ 50,40. “Vemos as ações atrativas negociando a 8,6 vezes preço sobre lucro (P/L) e projetamos um dividend yield de 10% em 2024”, destacam Eduardo Nishio, Felipe Oller e Wagner Biondo em relatório.

Hugo Queiroz, sócio da L4 Capital, destaca que linhas como a BrasilCap também apresentaram boa expansão, com contribuição do resultado financeiro. Só a operação de capitalização teve alta anual de 10,2% chegando a R$ 69 milhões. Já o resultado financeiro – rendimento dos sinistros – foi de 27,8%.

Para 2024, Queiroz espera que o lucro cresça entre 13% e 15%, mas faz a ressalva que o resultado operacional ainda pode ser afetado pelo seguro rural que deve ter aumento da sinistralidade por conta do fenômeno de El Niño.

No quarto trimestre de 2023 inclusive estes impactos foram perceptíveis, com a sinistralidade agrícola disparando de 4% para 38%. “Apesar do agro sofrendo, veremos os prêmios de outras linhas se expandindo no resultado operacional”, diz Queiroz.

Publicidade

O sócio da L4 capital espera um dividend yield de entre 8% e 9% para as ações BBSE3. “O resultado foi bom, em linha com o esperado, e nossa perspectiva positiva para o lucro e dividendos permanece”, destaca.

Sergio Biz, analista focado em dividendos e sócio do GuiaInvest, cita que o fenômeno de El Niño pode impactar os resultados da BB Seguridade no primeiro semestre, no entanto acredita que as quedas serão compensadas com o bom desempenho operacional em outras linhas de negócio da seguradora.

“É possível enxergar que a companhia tem a clara intenção de distribuir proventos aos seus acionistas. Tudo indica que deve continuar nessa linha em 2024”, cita Biz que espera que a empresa tenha um payout (parcela do lucro líquido destinada a proventos) de entre 70% e 90% neste ano. Em 2023, a companhia distribuiu 71% do seu lucro em dividendos.

Já para o dividend yield, mesmo com o guidance de desaceleração no crescimento, Biz espera um retorno em dividendos de 10% em 2024. “A empresa deve continuar crescendo, mas em ritmo menor”, completa.

Guilherme Tiglia, sócio e analista de ações da Nord Research, acredita que a BB Seguridade ainda vale a pena para uma estratégia de dividendos e projeta dividend yield de 10% para este ano.

Publicidade

Entre os destaques, ele cita o resultado da BrasilSeg – participação mais relevante da BB Seguridade – que teve um lucro líquido de R$1,1 bilhão no quarto trimestre de 2023. Os prêmios alcançaram ganhos de 12,2%, com um resultado operacional não recorrente de juros 32,2% maior no comparativo anual.

A BB Seguridade é uma das empresas favoritas de Tiglia para quem busca dividendos em 2024. O analista destaca que a companhia tem perfil defensivo e forte consistência nos resultados.

Entre as vantagens, Tiglia aponta o fato de ser o braço de seguros do Banco do Brasil até meados de 2030. Ou seja, cada agência, internet e plataforma em que o Banco do Brasil está presente é passível de vender seguros da BB Seguridade. “Uma ótima vantagem competitiva”, pontua.

Em relação a remuneração dos acionistas, a BB Seguridade paga proventos trimestralmente, geralmente em fevereiro e agosto. Por ser uma empresa de seguros não precisa destinar muitos recursos para crescimento, fortalecendo assim as suas distribuições.

Veja também: Falou em dividendos? Essas são as melhores ações para ganhar em 2024

O que acontece com o guidance?

Embora os analistas não vejam isso como um problema, a companhia comunicou que espera uma desaceleração de crescimento em algumas linhas de negócio.

Publicidade

Para o resultado operacional não decorrente de juros, a BB Seguridade tem como perspectiva um crescimento de 5% a 10% em 2024. A título de comparação, em 2023 a projeção era de um crescimento de 12% a 17%. Nos prêmios emitidos pela BrasilSeg a expectativa é de alta entre 8% e 13% - enquanto em 2023, o esperado era de 10% a 15% ao ano.

Já nas reservas de previdência, a BB Seguridade quer expandir entre 8% e 12%. No ano passado, as estimativas de crescimento foram de 10% a 14%.

Web Stories

Ver tudo
<
>