EURO R$ 6,26 +0,49% DÓLAR R$ 5,34 +0,00% ITUB4 R$ 28,31 -1,01% MGLU3 R$ 15,63 -1,64% ABEV3 R$ 15,84 -0,19% IBOVESPA 113.282,67 pts -0,69% GGBR4 R$ 26,62 -0,96% PETR4 R$ 26,90 +0,04% BBDC4 R$ 20,26 -2,08% VALE3 R$ 77,69 -1,17%
EURO R$ 6,26 +0,49% DÓLAR R$ 5,34 +0,00% ITUB4 R$ 28,31 -1,01% MGLU3 R$ 15,63 -1,64% ABEV3 R$ 15,84 -0,19% IBOVESPA 113.282,67 pts -0,69% GGBR4 R$ 26,62 -0,96% PETR4 R$ 26,90 +0,04% BBDC4 R$ 20,26 -2,08% VALE3 R$ 77,69 -1,17%
Delay: 15 min
Mercado

17 ações negociadas por menos de R$ 3 na Bolsa

Saiba quais são os papéis mais baratos em negociação

Foto: Pixabay
  • Oi, Saraiva, Bombril e Dommo Energia (antiga OGX, de Eike Batista) estão entre as empresas cujas ações são negociadas por menos de R$ 3
  • Especialistas alertam que investimento é de risco
  • Ações com preços muito baixos podem indicar empresas com dificuldades financeiras

Já pensou em se tornar “sócio” de uma empresa desembolsando apenas alguns centavos ou menos de R$ 3? De acordo com um levantamento exclusivo feito pela Economatica, a pedido do E-Investidor, existem pelo menos 17 companhias na Bolsa em que fazer isso é possível.

Na posição de papel com a cotação mais baixa da lista está um nome conhecido: a centenária livraria Saraiva (SLED4), cotada em R$ 0,56. No ranking ainda aparecem os papéis da empresa de telefonia Oi (OIBR3 e OIBR4), cujo os ativos estão precificados em R$ 1,54 e R$ 2,28, respectivamente.

Para os especialistas, os preços baixos devem acender um sinal de alerta, já que a empresa pode estar em um momento de dificuldade financeira, o que torna o risco atrelado ao investimento muito elevado. “Qualquer oscilação de um ou dois centavos para baixo já representa uma perda enorme para quem investiu nessas ações”, diz José Cataldo, superintendente de research da Ágora Investimentos.

De fato, a Livraria Saraiva sofre com a crise que afetou o mercado editorial brasileiro e está em recuperação judicial desde 2018. Sem conseguir seguir o plano original, a companhia apresentou para os credores no dia 26 de fevereiro de 2021, alterações na proposta inicial. O aditamento ao plano foi aprovado e uma das medidas seria dividir as lojas físicas e eletrônicas em três unidades produtivas isoladas (UPIs), que seriam colocadas à venda para cobrir dívidas.

Contudo, segundo o jornal Publish News, não houve interessados nos dois leilões feitos pela livraria para vender os ativos. Ainda assim, no 1º trimestre de 2021 a empresa conseguiu reduzir o prejuízo líquido de R$ 40,9 milhões, obtido no mesmo período de 2020, para R$ 20,3 milhões.

“A Saraiva sofre uma ‘tempestade perfeita’: crescimento das concorrentes, fim do CD, do DVD, e agora o fechamento de shoppings”, explica Mario Goulart, analista da Polyface. “O Brasil é um país que lê pouco, e livro acaba sendo produto supérfluo em época de crise.”

A Oi também está em recuperação judicial e reportou prejuízo líquido de R$ 3,5 bilhões entre janeiro e março deste ano, resultado 44% melhor que o registrado no período correspondente de 2020, de R$ 6,2 bilhões. A empresa vem tentando se reestruturar e focar no segmento core, de infraestrutura.

“Muita gente apostou em Oi quando a ação estava valendo menos de um real, no auge da crise, e acabou levando um belo dinheiro para a casa”, diz Goulart. “Mas também é uma compra bem arriscada.”

No caso de fábrica de relógios Technos (TECN3), negociada R$ 2,47 e 12ª colocada entre as menores cotações da Bolsa de Valores, a pandemia é um dos principais fatores que pressionou para baixo o preço. “Apesar de ter um plano de gestão estratégica e intenção de participar mais do canal e-commerce, ela sofreu muito com a pandemia e o fechamento dos shoppings”, conclui Goulart.

Outro nome na lista que chama a atenção é a Dommo Energia (DMM03), antiga OGX de Eike Batista.  A empresa aparece na 2ª colocação, precificada em R$ 0,88. Com um histórico conturbado, que envolve a divulgação de informações falsas quando ainda estava sob o controle do ex-bilionário, a companhia atualmente possui patrimônio líquido negativo em R$ 758,3 milhões.

A seguir, a lista completa das 17 ações com a cotação mais baixa da Bolsa.

NomeCódigoCotação
1Saraiva LivrSLED4R$ 0,56
2DommoDMMO3R$ 0,88
3Saraiva LivrSLED3R$ 1
4OiOIBR3R$ 1,54
5RecrusulRCSL4R$ 1,68
6BR BrokersBBRK3R$ 1,8
7SantanenseCTSA4R$ 2,05
8OiOIBR4R$ 2,28
9TecnosoloTCNO4R$ 2,3
10BombrilBOBR4R$ 2,34
11ViverVIVR3R$ 2,35
12TechnosTECN3R$ 2,47
13SantanenseCTSA3R$ 2,51
14MarcopoloPOMO3R$ 2,58
15TecnosoloTCNO3R$ 2,64
16Hoteis OthonHOOT4R$ 2,76
17MarcopoloPOMO4R$ 2,77

*Data da última cotação em 27/05/2021 

Gostou dessa matéria? Continue aprendendo mais sobre investimentos!

Reunimos em um só lugar nossos melhores conteúdos, onde oferecemos uma visão ampla a todos que desejam dominar o mercado financeiro.

Clique aqui para acessar a área de materiais gratuitos sobre investimento.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos