MGLU3 R$ 8,04 -0,25% DÓLAR R$ 5,61 +0,00% BBDC4 R$ 20,27 -0,73% EURO R$ 6,34 +0,10% ITUB4 R$ 22,66 -0,66% PETR4 R$ 29,47 +3,51% GGBR4 R$ 25,80 +0,98% ABEV3 R$ 16,34 -2,10% IBOVESPA 102.814,03 pts +0,58% VALE3 R$ 69,50 +1,25%
MGLU3 R$ 8,04 -0,25% DÓLAR R$ 5,61 +0,00% BBDC4 R$ 20,27 -0,73% EURO R$ 6,34 +0,10% ITUB4 R$ 22,66 -0,66% PETR4 R$ 29,47 +3,51% GGBR4 R$ 25,80 +0,98% ABEV3 R$ 16,34 -2,10% IBOVESPA 102.814,03 pts +0,58% VALE3 R$ 69,50 +1,25%
Delay: 15 min
Mercado

Risco de falência da chinesa Evergrande gera aversão nos mercados

Por volta de 13h30, no cenário doméstico, o Ibovespa cai 3,42%, aos 107.630,60 pontos, S&P 500 cai 2,14%

(Foto: Rahel Patrasso/Reuters)
  • Gerando incertezas sobre a economia chinesa, o risco de falência da Evergrande causa agito nas Bolsas ao redor do mundo
  • Listada na Bolsa de Hong Kong, a Evergrande Real Estate Group (HKG: 333) cai 10,24% no dia e 83,88% no acumulado anual
  • Nas empresas brasileiras, o setor de commodities sente o maior impacto. As ações da Vale (VALE3) caem 5,4%. PetroRio (PRIO3) chega a recuar 8,77% e Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3) cai 5,13%

Nesta segunda-feira (20), as bolsas internacionais sentem a influência da dívida da Evergrande, a segunda maior incorporadora da China. Gerando incertezas sobre a economia do país asiático, um dos maiores players da economia mundial, o risco da empresa causa turbulência nas Bolsas ao redor do mundo.

A empresa tem dívida que já soma US$ 300 bilhões, o que deve causar um default (calote) que pode influenciar todos os mercados, de acordo com o banco Swissquote.

Por volta de 13h30, no cenário doméstico, o Ibovespa cai 3,42%, aos 107.630,60 pontos. Nos Estados Unidos, o S&P 500 cai 2,14% e o Nasdaq cai 2,68%. O Dow Jones registra queda de 2,02%.

Nas empresas brasileiras, o setor de commodities sente o maior impacto. As ações da Vale (VALE3) caem 5,4%. PetroRio (PRIO3) chega a recuar 8,77% e Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3) cai 5,13%.

Além das dívidas, a incorporadora possui centenas de edifícios residenciais inacabados e fornecedores furiosos, segundo informações do The New York Times. A empresa foi influenciada pelo boom imobiliário na China, mas não consegue entregar os imóveis para os clientes, o que tem gerado diversas ações judiciais contra a companhia.

Listada na Bolsa de Hong Kong, a Evergrande Real Estate Group (HKG: 333) cai 10,24% no dia e 83,88% no acumulado anual.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos