MGLU3 R$ 8,06 -7,36% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% PETR4 R$ 28,47 -3,88% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
MGLU3 R$ 8,06 -7,36% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% PETR4 R$ 28,47 -3,88% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
Delay: 15 min
Mercado

Itaú anuncia Amazon Web Services como provedor de nuvem e lança plataforma de investimentos

A ION, como será conhecida, é o novo esforço do maior banco da América Latina e promete juntar o melhor do fullbank com a área de gestão de patrimônio (WMS)

Fachada do Itaú. Foto: Sergio Moraes/Reuters
  • Acordo de prevê que o banco migre a maior parcela de sua infraestrutura de TI dos mainframes e de seus data centers próprios para a nuvem
  • Banco também vai levar suas principais plataformas bancárias, soluções de call center, aplicativos bancários on-line e móveis para a Amazon Web Services
  • Com ION, proposta é triplicar a base de especialistas de investimentos; banco administra mais de R$ 1,2 trilhão em ativos de clientes

(Com Estadão Conteúdo) – O Itaú Unibanco (ITUB4), maior banco da América Latina, anunciou nesta segunda-feira (30) que irá migrar seus sistemas de tecnologia para a nuvem. Para isso, fechou um contrato de dez anos com a Amazon Web Services (AWS).

O acordo de prevê que o banco migre a maior parcela de sua infraestrutura de TI dos mainframes e de seus data centers próprios para a nuvem. Em nota, a Amazon Web Services diz que a mudança faz parte da estratégia do Itaú para “acelerar sua transformação digital e melhorar a experiência bancária de seus 56 milhões de clientes em todo o mundo”.

O Itaú Unibanco também levará suas principais plataformas bancárias, soluções de call center, aplicativos bancários on-line e móveis para a Amazon Web Services, criando uma arquitetura tecnológica mais flexível e eficiente que ajudará o banco a introduzir novos serviços para o cliente de forma mais rápida e com custos operacionais mais baixos.

Além disso, o banco aproveitará a infraestrutura da AWS e serviços, incluindo analytics, machine learning, serverless, contêineres, banco de dados gerenciado, processamento, armazenamento e segurança, para captura de informação e insights que permitam o desenvolvimento de novas linhas de negócios e aplicativos com segurança e dentro da conformidade regulatória.

ION: nova plataforma de investimentos

Ainda com foco em acelerar sua transformação digital, o Itaú Unibanco anunciou na sexta-feira (27) que a sua nova plataforma de investimentos, a ION, estará disponível para clientes ainda em dezembro e para os não clientes no meio do ano que vem. A ferramenta faz parte da mais nova empreitada do banco para expandir a sua área de gestão de patrimônio e reconquistar os clientes que investem com outras corretoras. Até então, o serviço de assessoria de investimentos só estava disponível para os usuários de alta renda.

Em coletiva de imprensa, Claudio Sanches, diretor de produtos de investimentos e previdência, explicou que o ION será uma espécie de aplicativo especialista e funcionará em paralelo com o app Full Bank. “Quando o cliente quiser procurar informações, notícias sobre investimentos ou a rentabilidade de um ativo, vai usar o novo aplicativo. Mas, serviços como aplicações, resgate e recomendação continuam na nossa plataforma normal do banco”, explica

A nova empreitada

Para Carlos Constantini, diretor executivo de gestão de patrimônio, a ideia é triplicar a base de especialistas de investimentos, além de regionalizar o atendimento e atuar em conjunto com os mais de 6.500 gerentes do varejo. “Vamos juntar a força do atendimento com a especialização que só uma vertical de investimentos pode oferecer”, explica.

“Estamos criando, pela primeira vez, uma vertical de investimentos que vai englobar tudo”, disse Constantini. Atualmente, o Itaú Unibanco possui mais de R$ 1,2 trilhão em ativos de clientes. Contudo, segundo contas feitas pela própria instituição, cerca de 40% dos ativos dos clientes estão em outras entidades.

Essa nova empreitada foi apresentada logo após o Itaú ter anunciado a separação da sua participação na XP Investimentos. O banco migrará os seus 41,05% de participação na empresa para uma nova sociedade chamada Newco, alheia ao Itaú.

“Nossa proposta é entregar para todos os cliente uma especialização em investimentos que, até então, só a WMS tinha”, diz Felipe Wey, diretor do Personnalité.

Além do aplicativo ION, o Itaú também está reforçando a sua área de assessoria de investimentos para os clientes pessoa física. Gerentes das principais áreas, como Personnalité, Uniclass e também das agências digitais serão treinados para poderem recomendar aplicações financeiras para os seus clientes.

No modelo apresentado pela instituição os especialistas não receberão apenas por comissão. O profissional receberá um fixo e mais uma parte variável que dependerá da rentabilidade do cliente, da captação trazida e da satisfação do consumidor.

“Nossa missão é continuar evoluindo o modelo de atendimento com bastante foco na área de investimentos. Com essa nova parceria entre o varejo e o WMS nós teremos uma capacidade comercial muito maior”, explicou Luiz Severiano, diretor do private banking do Itaú.

No período de testes, o banco selecionou alguns clientes para experimentar a assessoria especializada de investimentos. Sanches conta que o piloto foi um sucesso. “A maior prova disso foi o aumento da rentabilidade dos clientes, que com as recomendações ficou na média dos 20% a 30%. Ou seja, o cliente começou a ganhar mais dinheiro, pois conseguiu implementar a nossa indicação”, explica.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos