MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,54 -0,28% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% VALE3 R$ 74,62 +3,21% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% PETR4 R$ 26,29 -0,60% ABEV3 R$ 13,67 +2,48%
MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,54 -0,28% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% VALE3 R$ 74,62 +3,21% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% PETR4 R$ 26,29 -0,60% ABEV3 R$ 13,67 +2,48%
Delay: 15 min
Mercado

JSL troca JSLG3 por SIMH3 na Bolsa: veja o que muda para o acionista

Medida é parte de processo de reorganização da empresa iniciado em agosto

JSL troca JSLG3 por SIMH3 na Bolsa: veja o que muda para o acionista
Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo
  • Ações JSLG3 serão substituídas por outras com código SIMH3. Acionistas receberão papéis com o novo código de negociação
  • Mudança é parte de processo de reorganização societária, em que a JSL se tornou subsidiária da holding Simpar, que controla empresas como Movida e Vamos

A JSL, companhia do setor de logística, resolveu trocar o código de negociação de suas ações na Bolsa. De acordo com fato relevante publicado na segunda-feira (14), as ações com código JSLG3 sairão de cena nesta semana. No lugar delas, a partir do dia 18, passarão a ser negociados na B3  papéis com o ticker SIMH3.

Os acionistas que possuem os papéis antigos não precisam se preocupar. Eles receberão uma ação SIMH3 a cada papel de JSLG3 que possuíam.

Essa mudança completa o processo de reorganização do grupo, que tem o objetivo de “gerar valor por meio da segregação de suas atividades em sociedades dedicadas e facilitar o entendimento e avaliação pelo mercado de cada atividade exercida pelas empresas do Grupo”, segundo os termos divulgados no fato relevante.

“Não esperamos nenhuma alteração em termos de preço. É só uma mudança de ticker“, diz Maria Clara, analista fundamentalista da Ágora Investimentos. “Consideramos o modelo de negócios resiliente e temos recomendação de compra para JSL.”

JSL se tornou subsidiária da Simpar

Com esse processo de reorganização societária, a JSL se tornou subsidiária da holding Simpar, que controla empresas como Movida e Vamos.

“A estratégia de segregação das atividades em sociedades distintas também aumenta, na visão da Simpar, a capacidade de crescimento de seus negócios por meio de uma alocação de capital mais eficiente e garante acesso a uma maior gama de investidores, potencializando a capacidade de captação de recursos junto aos mercados de capitais brasileiro e internacional”, diz o texto do fato relevante.

O informe esclarece, ainda, que as ações provenientes da Oferta Pública de Ações do dia 8 de setembro, emitidas pela JSL S.A., empresa com foco exclusivo em logística, continuarão a ser negociadas sob o ticker JSLG11. Caso esse código venha a ser alterado, isso será comunicado ao mercado.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos