MGLU3 R$ 8,06 -7,36% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
MGLU3 R$ 8,06 -7,36% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Petrorio (PRIO3), Suzano (SUZB3) e Minerva (BEEF3) são os destaques positivos do dia

Índice fechou o pregão em alta de 0,70%, aos 116.636,18 pontos

(FOTO:Divulgação)
  • O principal índice da B3 subiu com o avanço do dólar em mais um dia de alta, beneficiando empresas de celulose
  • As três ações que mais ganharam no dia foram Petrorio (PRIO3), Suzano (SUZB3) e Minerva (BEEF3)

O Ibovespa encerrou o pregão em alta de 0,70%, aos 116.636,18 pontos, e com giro financeiro de R$ 22,8 bilhões. O principal índice da B3 subiu com o avanço do dólar em mais um dia de alta, beneficiando empresas de celulose.

A alta interrompe o ciclo de dois pregões seguidos de queda do IBOV, ajudando o índice a ficar no campo positivo no acumulado do ano. Nas bolsas de Nova York, Dow Jones e S&P 500 fecharam em queda de 0,67% e 0,21%, respectivamente, enquanto Nasdaq subiu 0,51%.

As três ações que registraram as maiores altas do Ibovespa foram Petrorio (PRIO3), Suzano (SUZB3) e Minerva (BEEF3).

Confira o que afetou o desempenho desses três papéis:

Petrorio (PRIO3): +5,44%, R$ 59,68

Com valorização de 5,44%, as ações da empresa encerraram o pregão com o melhor desempenho do dia, cotadas a R$ 59,68. Nesta segunda (21), a companhia anunciou acordo com a Prisma Capital para a conversão de um financiamento ponte de US$ 100 milhões em uma linha de longo prazo.

Segundo a companhia, o objetivo é financiar parte dos recursos para aquisição do FPSO OSX-3 e do campo de Tubarão Martelo, e este aumento de prazo já estava previsto no contrato, mediante adequação de garantias e sem alteração da taxa de juros.

No mês, as ações da empresa têm valorização de 18,96% e no ano de 80,52%.

Suzano (SUZB3): +4,45%, R$ 57,68

Com alta de 4,45%, as ações da empresa tiveram o segundo melhor desempenho do dia e encerraram o pregão cotadas a R$ 57,68. Os papéis da companhia se valorizaram com mais uma alta do dólar, além do aumento do preço da celulose na China.

No mês, as ações da empresa têm valorização de 2,09% e no ano de 45,36%.

Minerva (BEEF3): +4,11, R$ 10,64

Com variação positiva de 4,11% no dia, as ações da área fecham o top 3 das maiores altas do pregão, cotadas a R$ 10,64. Rodrigo Brolo, head de agro da Criteria Investimentos, explicou ao Broadcast que os papéis de frigoríficos estão baratos e que a alta do preço do dólar incentiva as compras.

Além disso, o Citi revisou as estimativas da Minerva, afirmando que a liquidação recente é um bom ponto de entrada. “Mesmo em meio a maiores custos no Brasil, a Minerva tem conseguido entregar margem Ebitda e geração de fluxo de caixa acima de nossas expectativas”, diz o banco.

No mês, as ações da empresa têm valorização de 6,08% e no ano desvalorização de 15,02%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos