EURO R$ 5,20 -0,02% DÓLAR R$ 5,07 +0,00% MGLU3 R$ 3,57 +17,43% BBDC4 R$ 19,50 +1,09% ABEV3 R$ 15,19 +0,40% ITUB4 R$ 26,70 +1,06% PETR4 R$ 31,67 +7,06% GGBR4 R$ 26,12 +2,11% IBOVESPA 112.764,26 pts +2,78% VALE3 R$ 70,00 +1,23%
EURO R$ 5,20 -0,02% DÓLAR R$ 5,07 +0,00% MGLU3 R$ 3,57 +17,43% BBDC4 R$ 19,50 +1,09% ABEV3 R$ 15,19 +0,40% ITUB4 R$ 26,70 +1,06% PETR4 R$ 31,67 +7,06% GGBR4 R$ 26,12 +2,11% IBOVESPA 112.764,26 pts +2,78% VALE3 R$ 70,00 +1,23%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Soma (SOMA3), Lojas Renner (LREN3) e CVC (CVCB3) são os destaques positivos

O índice subiu 0,16% nesta quarta-feira (23), aos 117.457,34 mil pontos

Ibovespa hoje: Soma (SOMA3), Lojas Renner (LREN3) e CVC (CVCB3) são os destaques positivos
Loja da Hering, comprada pelo Grupo Soma. Foto: Clayton de Souza/Estadão
  • O Ibovespa hoje fechou em alta de 0,16%, aos 117.457,34 mil pontos e com volume negociado de R$ 30,3 bilhões
  • As três ações que mais subiram no pregão foram Soma (SOMA3), Lojas Renner (LREN3) e CVC (CVCB3)

O Ibovespa hoje fechou em alta de 0,16%, aos 117.457,34 mil pontos e com volume negociado de R$ 30,3 bilhões. Nesta quarta-feira (23), ações relacionadas a petróleo, varejo e tecnologia puxaram o índice para cima. Na outra ponta, exportadoras sofrem com a queda do dólar.

A moeda norte-americana terminou o dia em baixa de 1,45%, aos R$ 4,844. O euro também despencou 1,66% e atingiu os R$ 5,331. Na contramão do indicador brasileiro de ações, em Nova York as bolsas terminaram a sessão no campo negativo. O S&P 500, Dow Jones e Nasdaq acumularam desvalorizações de 1,23%, 1,29% e 1,32%, respectivamente.

“Isso ocorre [a queda do dólar] por conta do aumento da atratividade dos ativos locais, renda fixa pagando cada vez mais e a bolsa brasileira seguindo entre as mais baratas do mundo, o que faz aumentar o fluxo de entrada de dólar no país, valorizando o real frente à moeda americana”, afirma Idean Alves, sócio e chefe da mesa de operações da Ação Brasil Investimentos, escritório credenciado da XP Investimentos.

As três ações que mais subiram no pregão foram Soma (SOMA3), Lojas Renner (LREN3) e CVC (CVCB3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Grupo Soma (SOMA3): +7,15%, R$ 14,09

Com a perspectiva de fim do aperto monetário e um movimento de troca de posições na Bolsa, as varejistas se destacaram no pregão de hoje. Os papéis da Soma subiram 7,15%, aos R$ 14,09.

As ações sobem 8,55% no mês e 10,37% no ano.

Lojas Renner (LREN3): +5,53%, R$ 26,15

Também na esteira da migração de capital para ativos descontados, os papéis das Lojas Renner subiram 5,53% na sessão, aos R$ 26,15.

As ações sobem 3,93% no mês e 7,69% no ano.

CVC (CVCB3): +4,52%, R$ 14,56

O maior apetite ao risco também beneficiou os papéis da CVC, que estavam pressionados pela alta do petróleo. A alta foi de 4,52%, aos R$ 14,56.

As ações sobem 15,94% no mês e 8,42% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos