EURO R$ 5,17 -0,26% DÓLAR R$ 5,10 +0,05% MGLU3 R$ 4,04 +13,41% BBDC4 R$ 19,43 -0,56% ABEV3 R$ 15,42 +1,45% ITUB4 R$ 26,97 +0,97% PETR4 R$ 31,72 -0,35% GGBR4 R$ 25,82 -1,07% IBOVESPA 113.031,98 pts +0,24% VALE3 R$ 68,30 -2,08%
EURO R$ 5,17 -0,26% DÓLAR R$ 5,10 +0,05% MGLU3 R$ 4,04 +13,41% BBDC4 R$ 19,43 -0,56% ABEV3 R$ 15,42 +1,45% ITUB4 R$ 26,97 +0,97% PETR4 R$ 31,72 -0,35% GGBR4 R$ 25,82 -1,07% IBOVESPA 113.031,98 pts +0,24% VALE3 R$ 68,30 -2,08%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: Hapvida (HAPV3), SulAmérica (SULA11) e CCR (CCRO3) são os destaques positivos

Índice caiu 1,18% nesta quinta-feira (9), aos 107.093,71 pontos

Ibovespa hoje: Hapvida (HAPV3), SulAmérica (SULA11) e CCR (CCRO3) são os destaques positivos
Fachada de uma unidade de atendimento da Hapvida (HAPV3), em Fortaleza (CE) (Foto: Rebeca Soares/repórter do E-Investidor)
  • O Ibovespa caiu 1,18% nesta quinta-feira (9), aos 107.093,71 pontos e volume negociado de R$ 25,8 bilhões
  • Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Hapvida (HAPV3), SulAmérica (SULA11) e CCR (CCRO3)

O Ibovespa caiu 1,18% nesta quinta-feira (9), aos 107.093,71 pontos e com volume negociado de R$ 25,8 bilhões. É o quinto pregão consecutivo de baixa.

Assim como no pregão da última quarta-feira (8), o índice foi pressionado pela aversão ao risco por parte dos investidores, que penalizou com força as bolsas do exterior diante das incertezas sobre as próximas decisões dos países para combater a inflação.

A queda do preço do minério de ferro, após Xangai, na China, voltar a decretar lockdown para parte da sua população, e do petróleo, que cede com a valorização do dólar, também pressionaram o Ibovespa.

A boa notícia ficou por conta do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que surpreendeu positivamente. O índice avançou 0,47% em maio, mas a expectativa do mercado era de uma alta de 0,60%.

“Esse resultado deve dar certo alívio ao Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central), que se reúne na próxima semana para decidir o próximo passo em relação à Selic. As expectativas são de que o comitê aumente os juros em 0,5%, levando a 13,25% ao ano e sinalize o fim do ciclo de aumento”, diz André Meirelles, Diretor de Alocação e Distribuição da InvestSmart XP.

Em Nova York, o S&P 500 e Dow Jones fecharam o dia em baixa de 2,38% e 1,94%, respectivamente. Já Nasdaq caiu 2,75%.

Os três papéis que mais valorizaram no dia foram Hapvida (HAPV3), SulAmérica (SULA11) e CCR (CCRO3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Hapvida (HAPV3): +2,98%, R$ 6,23

As ações da Hapvida tiveram alta de 2,98%, cotadas a R$ 6,23. Os papéis de empresas do setor de saúde estenderam os ganhos da última quarta (8), ainda apoiados na decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) de restringir a oferta de procedimentos oferecidos pelas operadoras de planos de saúde no País.

No mês, os papéis HAPV3 têm queda de 7,29% e, no ano, de 39,98%.

SulAmérica (SULA11): +2,69%, R$ 25,55

Também refletindo a decisão do STJ, as ações da SulAmérica tiveram alta de 2,69%, cotadas a R$ 25,55. E

m junho, os papéis da empresa caem 4,66%. No ano, cedem 7,06%.

CCR (CCRO3): +2,24% R$ 13,23

Os papéis da CCR subiram 2,24%, cotados a R$ 13,23.

No mês, as ações da empresa tem baixa de 0,82%. No ano, sobem 14,84%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos