EURO R$ 5,20 -0,02% DÓLAR R$ 5,07 +0,00% MGLU3 R$ 3,57 +17,43% BBDC4 R$ 19,50 +1,09% ABEV3 R$ 15,19 +0,40% ITUB4 R$ 26,70 +1,06% PETR4 R$ 31,67 +7,06% GGBR4 R$ 26,12 +2,11% IBOVESPA 112.764,26 pts +2,78% VALE3 R$ 70,00 +1,23%
EURO R$ 5,20 -0,02% DÓLAR R$ 5,07 +0,00% MGLU3 R$ 3,57 +17,43% BBDC4 R$ 19,50 +1,09% ABEV3 R$ 15,19 +0,40% ITUB4 R$ 26,70 +1,06% PETR4 R$ 31,67 +7,06% GGBR4 R$ 26,12 +2,11% IBOVESPA 112.764,26 pts +2,78% VALE3 R$ 70,00 +1,23%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa hoje: BRF (BRFS3), Bradespar (BRAP4) e Suzano (SUZB3) são os destaques negativos

Índice subiu 1,72% nesta quinta-feira (9), aos 115.360,86 pontos

Ibovespa hoje: BRF (BRFS3), Bradespar (BRAP4) e Suzano (SUZB3) são os destaques negativos
(Foto: Nacho Doce/Reuters)
  • O Ibovespa subiu 1,72% nesta quinta-feira (9), aos 115.360,86 e volume negociado de R$ 38,7 bilhões
  • Os três papéis que mais desvalorizaram no dia foram Méliuz BRF (BRFS3), Bradespar (BRAP4) e Suzano (SUZB3).

O Ibovespa subiu 1,72% nesta quinta-feira (9), aos 115.360,86 e com volume negociado de R$ 38,7 bilhões. No dia de hoje, o índice de ações teve uma verdadeira reviravolta nas últimas horas do pregão, reagindo à nota emitida pelo presidente Jair Bolsonaro dois dias após os eventos de 7 de setembro, que haviam agravado a crise institucional.

“Harmonia é determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar”, afirmou Bolsonaro. “Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum”.

Em Nova York, o S&P 500 e Dow Jones fecharam em queda de 0,46% e 0,43%, respectivamente. O Nasdaq também terminou o dia com baixa de 0,25%.

Os três papéis que mais desvalorizaram no dia foram BRF (BRFS3), Bradespar (BRAP4) e Suzano (SUZB3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

BRF (BRFS3): -0,77%, R$ 23,20

Segundo Ricardo França, especialista de investimentos da Ágora, há recuo do dólar e sinalização de alta maior da Selic, após leitura do IPCA acima do esperado. “Uma Selic mais alta pode abrir espaço para fortalecimento do Real”, diz. Nesta quinta-feira a baixa foi de 0,77%, com o papel a R$ 23,20.

No mês, os papéis da companhia vêm registrando alta de 0,17%. No ano, a alta é de 6,44%.

Bradespar (BRAP4): -0,55%, R$ 60,09

Por ser importante acionista da Vale, a empresa ainda sofre influenciada pela queda de 1,46% do minério de ferro nesta quinta-feira (9).

No mês, os papéis acumulam queda de 4,37% e no ano alta de 1,89%.

Suzano (SUZB3): -0,48%, R$ 62,29

Com a queda expressiva do dólar ao final do pregão, as ações da Suzano registraram perda de 0,48%.  A exportadora costuma acompanhar a tendência do câmbio, tendo em vista que possui parte das suas receitas fortemente atreladas ao dólar.

No mês, os papéis registram valorização de 1,97% e no ano avançam 6,25%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos