MGLU3 R$ 8,06 -7,36% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
MGLU3 R$ 8,06 -7,36% ITUB4 R$ 22,81 -1,89% EURO R$ 6,35 +1,77% DÓLAR R$ 5,61 +0,73% BBDC4 R$ 20,42 -4,00% GGBR4 R$ 25,55 -2,63% PETR4 R$ 28,47 -3,88% IBOVESPA 102.224,26 pts -3,39% ABEV3 R$ 16,69 -3,13% VALE3 R$ 68,64 -2,64%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Qualicorp (QUAL3), Lojas Americanas (LAME4) e Ultrapar (UGPA3) são os destaques negativos

Índice caiu 1,32% entre 9 e 13 de agosto, passando de 122.809 pontos para 121.193,75 pontos

Fachada do prédio da Qualicorp no bairro da Bela Vista, São Paulo
Fachada do prédio da Qualicorp no bairro da Bela Vista, São Paulo. Foto: Alex Silva/Estadão
  • O Ibovespa caiu 1,32% entre 9 e 13 de agosto, passando de 122.809 pontos para 121.193,75 pontos
  • Os três papéis que mais desvalorizaram nos cinco pregões foram Qualicorp (QUAL3), Lojas Americanas (LAME4) e Ultrapar (UGPA3)

O Ibovespa caiu 1,32% entre 9 e 13 de agosto, passando de 122.809 pontos para 121.193,75 pontos. A semana foi marcada pela influência de Brasília no mercado através da preocupação com o teto de gastos após anúncio de aumento no programa Auxílio Brasil e da discussão da PEC dos Precatórios (dívidas do governo federal).

Além disso, embates entre poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, especialmente sobre o futuro eleitoral do país contribuíram para o aumento das incertezas no mercado doméstico.

O índice subiu 0,17% na segunda-feira (09) e 0,41% nesta sexta (13), mas caiu nas sessões de terça (10), quarta (11) e quinta (12), com baixas de 0,66%, 0,12% e 1,11%, respectivamente.

Os três papéis que mais desvalorizaram nos cinco pregões foram Qualicorp (QUAL3), Lojas Americanas (LAME4) e Ultrapar (UGPA3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Qualicorp (QUAL3): -23,60%, R$ 18,94

Ocupando a extremidade negativa do Ibovespa nesta sexta-feira, a Qualicorp demonstrou resultados trimestrais abaixo do esperado. Em relatório, o Citi criticou a aquisição do Grupo Elo. “Embora gostemos da estratégia da empresa de continuar acelerando o crescimento da receita por meio de aquisições e parcerias estratégicas, especialmente em tempos de tendências orgânicas lentas, o valor não foi exatamente barato”, aponta a instituição em relatório do banco.

Os papéis caem 23,60%, custando R$ 18,94.

As ações caem 26,45% no mês e 41,45% no ano.

Lojas Americanas (LAME4): -10,71%, R$ 6

Apesar da tentativa de recuperação com altas nas duas sessões anteriores, a LAME4 teve forte queda nesta sexta, o que colocou o papel na segunda posição entre as maiores quedas da semana. Segundo os analistas do Goldman Sachs, o crescimento de volume bruto de mercadorias da Americanas SA veio abaixo das concorrentes líderes de mercado, afetando os papéis LAME4 e AMER3. As ações da Lojas Americanas caem 10,71% na semana, sendo precificadas a R$ 6.

A LAME4 cai 15,37% no mês e 44,90% no ano.

Ultrapar (UGPA3): -9,53%, R$ 15,17

Mesmo com alta nesta sexta, a queda de mais de 12% no pregão de quinta, por conta dos resultados abaixo do esperado no segundo trimestre, manteve a Ultrapar na lista de maiores quedas do índice na semana. As ações caem 9,53% de segunda (9) a sexta (13) e têm custo de R$ 15,17.

Os papéis caem 12,50% no mês e 32,50%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos