DÓLAR R$ 4,86 +0,78% MGLU3 R$ 3,77 +1,62% EURO R$ 5,18 +0,17% BBDC4 R$ 20,11 -1,47% ABEV3 R$ 13,99 -0,99% ITUB4 R$ 25,71 -1,76% PETR4 R$ 31,94 +1,08% IBOVESPA 110.247,03 pts -0,30% GGBR4 R$ 28,68 -1,44% VALE3 R$ 84,07 +0,04%
DÓLAR R$ 4,86 +0,78% MGLU3 R$ 3,77 +1,62% EURO R$ 5,18 +0,17% BBDC4 R$ 20,11 -1,47% ABEV3 R$ 13,99 -0,99% ITUB4 R$ 25,71 -1,76% PETR4 R$ 31,94 +1,08% IBOVESPA 110.247,03 pts -0,30% GGBR4 R$ 28,68 -1,44% VALE3 R$ 84,07 +0,04%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Suzano (SUZB3), PetroRio (PRIO3) e Klabin (KLBN11) são os destaques negativos

Ibovespa subiu 0,42% entre 12 e 16 de julho, passando de 125.427,77 pontos para 125.960,26 pontos

Ibovespa na semana: Suzano (SUZB3), PetroRio (PRIO3) e Klabin (KLBN11) são os destaques negativos
(Foto: Divulgação/PetroRio)
  • O Ibovespa subiu 0,42% entre 12 e 16 de julho, passando de 125.427,77 pontos para 125.960,26 pontos
  • As ações que mais desvalorizaram no dia foram Suzano (SUZB3), PetroRio (PRIO3) e Klabin (KLBN11)

O Ibovespa subiu 0,42% entre 12 e 16 de julho, passando de 125.427,77 pontos para 125.960,26 pontos. A continuidade da isenção fiscal sobre os fundos mobiliários (FIIs) e a diminuição da aversão à risco foram os principais destaques da semana.

“O dólar saiu do patamar de cerca de R$ 5,20, registrado na semana passada, para o patamar de R$ 5,12”, afirma Leonardo Milane, sócio e economista da VLG investimentos. “O VIX, índice de volatilidade americano, fechou perto das mínimas, o que corrobora para esse momento de menor aversão à risco.”

Na segunda (12), terça (13) e quarta (14), o principal índice de ações da B3 registrou alta de 1,73%, 0,45% e 0,19%, respectivamente. Já na quinta (15) e nesta sexta (16), o indicador caiu 0,73% e 1,18%, respectivamente.

As ações que mais desvalorizaram no dia foram Suzano (SUZB3), PetroRio (PRIO3) e Klabin (KLBN11).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Suzano (SUZB3): -7,99%, R$ 56,11

Com o arrefecimento do dólar, as empresas exportadoras sofreram impactos durante a semana. As ações da Suzano, de papel e celulose, caíram 7,99%, aos R$ 56,11.

Os papéis estão caindo 5,78% no mês e 3,74% no ano.

PetroRio (PRIO3): -3,93%, R$ 18,81

As quedas nos preços do petróleo impactaram os papéis da PetroRio. No período, a PRIO3 caiu 3,93%, aos R$ 18,85.

As ações caem 3,28% no mês. No acumulado do ano estão em alta de 34,26%.

Klabin (KLBN11): -3,93%, R$ 25,94

A queda do dólar e correção nos preços da celulose também afetaram a Klabin. As ações chegaram ao fim da semana cotadas em R$ 25,94, após caírem 3,93%.

Os papéis caem 1,29% no mês e 1,78% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos