DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,25 -0,02% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,25 -0,02% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: EcoRodovias (ECOR3), Totvs (TOTS3) e Marfrig (MRFG3) são os destaques negativos

Índice caiu 2,54% no período, passando de 107.876,16 pontos para 105.134,73 pontos

Ibovespa na semana: EcoRodovias (ECOR3), Totvs (TOTS3) e Marfrig (MRFG3) são os destaques negativos
  • O Ibovespa na semana terminou em queda de 2,54%, passando de 107.876,165 pontos para 105.134,73 pontos
  • As três ações que mais caíram na semana foram EcoRodovias (ECOR3), Totvs (TOTS3) e Marfrig (MRFG3)

O Ibovespa na semana terminou em queda de 2,54%, passando de 107.876,165 pontos para 105.134,73 pontos. Esta é a quinta semana seguida no negativo, com alta nos juros e aversão a risco nos mercados globais acentuando na primeira semana de maio as perdas já significativas de abril. No acumulado do ano, agora, o Ibovespa está perto do ‘zero a zero’, subindo apenas 0,30%.

Entre as principais notícias da semana, o agravamento dos lockdowns na China pressionou os preços das commodities nos mercados internacionais. E, como o setor representa grande parte das empresas que compõem o Ibovespa, a incerteza vinda da economia asiática respingou por aqui, explica Caio Tonet, sócio fundador e head de renda variável da W1 Capital.

LEIA TAMBÉM: Alpargatas (ALPA4), Renner (LREN3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos desta sexta-feira (6)

“O outro destaque da semana foi o aumento na taxa de juros no Brasil e nos Estados Unidos. Hoje, para encerrar a semana, ainda saiu o Payroll dos EUA vindo melhor do que o esperado, o que pode ter pressionado as bolsas”, diz Tonet.

Na ‘super quarta’, enquanto o novo valor da Selic, agora em 12,75% ao ano, já estava precificado no mercado, a incerteza frente a uma política monetária mais agressiva dos EUA trouxe volatilidade para os mercados e ajudou a fortalecer o dólar e os juros futuros.

Na segunda (2), terça (3), quinta (5) e nesta sexta-feira (6), o indicador engatou quedas de 1,15%, 0,10%, 2,81% e 0,16%, respectivamente. Na quarta (4), a bolsa brasileira conseguiu seu único resultado positivo da semana, fechando o respectivo pregão com alta de 1,70%.

O dólar e o euro acentuaram ganhos nesta semana, encerrando o período cotados a R$ 5,075 e R$ 5,353 respectivamente.

As três ações que mais caíram na semana foram EcoRodovias (ECOR3), Totvs (TOTS3) e Marfrig (MRFG3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

EcoRodovias (ECOR3): -14,91%, R$ 5,88

As ações da EcoRodovias lideram as perdas da semana na B3, caindo 14,91%, a R$ 5,88. O desempenho dos ativos foi pressionado após a divulgação do balanço do 1T22 da empresa, que reportou queda de 81,2% no lucro líquido recorrente.

Em relatório, a XP avaliou que o aumento sequencial no níveis de alavancagem da companhia é o destaque negativo do resultado.

Os papéis caem 19,67% no ano.

Totvs (TOTS3): -14,76%, R$ 27,25

A Totvs também teve seus papéis pressionados pelo balanço do 1T22 nesta semana, encerrando com queda de 14,76%, a R$ 27,25 .

Os resultados foram considerados relativamente fortes pelo mercado, mas isso não impediu que os ativos da companhia despencassem, em linha com os pares internacionais de tecnologia na Nasdaq.

Somente na manhã de quinta-feira (5), logo após divulgar seus resultados, as ações caíram 11% no Ibovespa.

Os papéis caem 4,85% no ano.

Marfrig (MRFG3): -14,45%, R$ 16,04

As ações da Marfrig também fecharam a semana em queda, caindo 14,45% e cotadas a R$ 16,04. O movimento contraria a visão positiva que o mercado teve dos resultados do 1T22 da empresa, mas pode ser explicado por uma possível mudança na política de pagamento de dividendos da companhia.

A MRFG3 cai 25,19% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos