MGLU3 R$ 2,41 +1,68% ITUB4 R$ 23,08 -1,11% EURO R$ 5,43 +0,36% DÓLAR R$ 5,20 +0,31% IBOVESPA 99.621,58 pts -0,96% BBDC4 R$ 17,60 -1,95% PETR4 R$ 28,08 -0,42% GGBR4 R$ 23,14 -1,11% ABEV3 R$ 13,61 +0,00% VALE3 R$ 78,79 -1,03%
MGLU3 R$ 2,41 +1,68% ITUB4 R$ 23,08 -1,11% EURO R$ 5,43 +0,36% DÓLAR R$ 5,20 +0,31% IBOVESPA 99.621,58 pts -0,96% BBDC4 R$ 17,60 -1,95% PETR4 R$ 28,08 -0,42% GGBR4 R$ 23,14 -1,11% ABEV3 R$ 13,61 +0,00% VALE3 R$ 78,79 -1,03%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Petrobras (PETR4), Alpargatas (ALPA4) e Klabin (KLBN11) são os destaques positivos

Índice caiu 2,54% no período, passando de 107.876,16 pontos para 105.134,73 pontos

Ibovespa na semana: Petrobras (PETR4), Alpargatas (ALPA4) e Klabin (KLBN11) são os destaques positivos
Foto: REUTERS/Sergio Moraes
  • O Ibovespa na semana terminou em queda de 2,54%, passando de 107.876,165 pontos para 105.134,73 pontos
  • As três ações que mais subiram na semana foram Petrobras (PETR4), Alpargatas (ALPA4) e Klabin (KLBN11)

O Ibovespa na semana terminou em queda de 2,54%, passando de 107.876,165 pontos para 105.134,73 pontos. Esta é a quinta semana seguida no negativo, com alta nos juros e aversão a risco nos mercados globais acentuando na primeira semana de maio as perdas já significativas de abril. No acumulado do ano, agora, o Ibovespa está perto do ‘zero a zero’, subindo apenas 0,30%.

Entre as principais notícias da semana, o agravamento dos lockdowns na China pressionou os preços das commodities nos mercados internacionais. E, como o setor representa grande parte das empresas que compõem o Ibovespa, a incerteza vinda da economia asiática respingou por aqui, explica Caio Tonet, sócio fundador e head de renda variável da W1 Capital.

LEIA TAMBÉM: Alpargatas (ALPA4), Renner (LREN3) e Petrobras (PETR3) são os destaques positivos desta sexta-feira (6)

“O outro destaque da semana foi o aumento na taxa de juros no Brasil e nos Estados Unidos. Hoje, para encerrar a semana, ainda saiu o Payroll dos EUA vindo melhor do que o esperado, o que pode ter pressionado as bolsas”, diz Tonet.

Na ‘super quarta’, enquanto o novo valor da Selic, agora em 12,75% ao ano, já estava precificado no mercado, a incerteza frente a uma política monetária mais agressiva dos EUA trouxe volatilidade para os mercados e ajudou a fortalecer o dólar e os juros futuros.

Na segunda (2), terça (3), quinta (5) e nesta sexta-feira (6), o indicador engatou quedas de 1,15%, 0,10%, 2,81% e 0,16%, respectivamente. Na quarta (4), a bolsa brasileira conseguiu seu único resultado positivo da semana, fechando o respectivo pregão com alta de 1,70%.

O dólar e o euro acentuaram ganhos nesta semana, encerrando o período cotados a R$ 5,075 e R$ 5,353 respectivamente.

As três ações que mais subiram na semana foram Petrobras (PETR4), Alpargatas (ALPA4) e Klabin (KLBN11).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Petrobras (PETR4): 9,18%, R$ 33,06

As ações da Petrobras lideram as altas da semana no Ibovespa, refletindo um otimismo do mercado para com a estatal após a divulgação do balanço do 1T22. Na quinta-feira (5), a companhia reportou um lucro de R$ 44,5 bilhões, o maior da história para um primeiro trimestre entre as empresas brasileiras de capital aberto. A PETR4 subiu 9,18% na semana, cotada a R$ 33,06.

Os papéis sobem 27,01% no ano.

Alpargatas (ALPA4): 8,32%, R$ 21,23

O balanço do 1T22 também beneficiou os ativos da Alpargatas. Com forte evolução no Ebitda, impulsionado por melhores margens nas operações internacionais, os resultados vieram acima das expectativas, diz a XP.

Surfando na avaliação positiva feita pelo mercado, os papéis da companhia fecharam a semana com valorização de 8,32%, a R$ 21,23.

A ALPA4 cai 42,43% no acumulado do ano.

Klabin (KLBN11): 7,86%, R$ 22,37

O mercado também viu com bons olhos os resultados da Klabin, divulgados no início da semana, com lucro líquido de R$ 875 milhões no 1T22 – um aumento de 108% em relação ao mesmo período de 2021. Mas esse não foi o único fator que beneficiou as ações da exportadora, que surfaram na valorização do dólar para fechar a semana em alta de 7,86%, cotadas a R$ 22,37.

A KLBN11 cai 11,55% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos