EURO R$ 6,23 +0,02% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% PETR4 R$ 26,84 +4,06% VALE3 R$ 78,91 -0,35%
EURO R$ 6,23 +0,02% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% PETR4 R$ 26,84 +4,06% VALE3 R$ 78,91 -0,35%
Delay: 15 min
Últimas notícias

XP Inc. chega a R$ 715 bi em ativos sob custódia no 1ºtri

  • A casa de investimentos se aproxima da desejada marca de R$ 1 trilhão sob custódia

(Estadão Conteúdo) – A XP Inc. divulgou na manhã desta quinta-feira sua prévia operacional do primeiro trimestre, com destaque para a marca de R$ 715 bilhões em ativos sob gestão (AUC, na sigla em inglês), alta de 96% sobre o mesmo período de 2020 e de 8% na comparação com o quarto trimestre do ano passado.

A casa de investimentos se aproxima da desejada marca de R$ 1 trilhão sob custódia. O fluxo líquido no trimestre foi de R$ 69 bilhões, média de R$ 14,2 bilhões por mês, com 3,2 milhões de operações.

“Apesar do enorme desafio imposto sobre todos nós nesses últimos 12 meses, desde a eclosão da pandemia da covid-19 no Brasil, a XP não mediu esforços para seguir evoluindo, inovando, se adaptando, e, principalmente, melhorando sua plataforma para nossos clientes, nossa verdadeira razão de existir”, afirma Bruno Constantino, sócio e diretor financeiro da XP, em nota.

A base de clientes ativos da casa de investimentos cresceu 47% na comparação anual, a 2,993 milhões ao fim de março, e 8% ante o período imediatamente anterior. A adição líquida média de novos clientes foi de 72 mil no primeiro trimestre, refletindo uma sazonalidade, redução das taxas de corretagem e esforços de aquisição da empresa. Entre janeiro e março entraram 917 agentes autônomos em sua rede, com o número total chegando perto de nove mil.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos