Últimas notícias

Braskem (BRKM5) lidera perdas do Ibovespa em meio a rumores com a Petrobras

Tombo vem em meio à notícia de que a Petrobras estaria interessada em comprar a petroquímica

Braskem (BRKM5) lidera perdas do Ibovespa em meio a rumores com a Petrobras
Braskem (BRKM5) (Foto: Getty Images)

As ações da Braskem (BRKM5) lideram as perdas do Ibovespa nesta segunda-feira (15). Às 16h35, os papéis da empresa tombam 6,58% cotados a R$ 22,72, oscilando entre máxima a R$ 24,03 e mínima a R$ 22,53.

O movimento ocorre após uma notícia publicada no jornal Folha de S. Paulo informar que, em conversas particulares, o presidente da Petrobras (PETR3;PETR4), Jean-Paul Prates (PT-RN), teria afirmado que a estatal avalia exercer o seu direito de preferência e adquirir o controle da Braskem, que hoje pertence à Novonor (antiga Odebrecht).

A medida viria por conta do endividamento da petroquímica, cujas ações estão desvalorizando diante do forte endividamento, que corresponde a cerca de seis vezes o Ebitda, quase o dobro do recomendável pelo mercado. Segundo fontes ouvidas pela Folha de S. Paulo, a Petrobras teria caixa suficiente para a operação.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

A notícia vem após a proposta recente da petroleira árabe Adnoc e do fundo Apollo que pretendiam comprar a companhia pelo valor correspondente a R$ 47 por ação.

Nesta tarde, a Petrobras se pronunciou sobre a informação veiculada e disse que não negocia a compra da Braskem. “A Petrobras informa que não está conduzindo nenhuma estruturação de operação de venda no mercado privado e que não houve qualquer decisão da Diretoria Executiva ou do Conselho de Administração em relação ao processo de desinvestimento ou de aumento de participação na Braskem mencionadas na matéria”, afirma trecho do comunicado.