EURO R$ 5,15 -1,26% MGLU3 R$ 3,67 -1,61% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% PETR4 R$ 34,95 +2,28% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
EURO R$ 5,15 -1,26% MGLU3 R$ 3,67 -1,61% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% BBDC4 R$ 19,68 +1,39% ABEV3 R$ 13,98 -1,13% ITUB4 R$ 25,18 +1,45% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% PETR4 R$ 34,95 +2,28% GGBR4 R$ 27,95 +3,33% VALE3 R$ 81,37 +1,90%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Camil investe em energia renovável própria a partir de biomassa

Investimento vem de emissão de debêntures com selo verde (R$ 150 milhões correspondentes à 1ª série)

Camil investe em energia renovável própria a partir de biomassa
Foto: Divulgação

A Camil Alimentos divulgou comunicado no qual informa que concluiu, em 18 de novembro, sua primeira emissão de debêntures com selo verde (R$ 150 milhões correspondentes à 1ª série) para investimento na construção de uma nova termelétrica. O iniciativa “possibilitará o aumento da capacidade da companhia de geração de energia renovável utilizada nas unidades industriais de grãos no Brasil”, diz a empresa na nota.

Com a nova termoelétrica, movida a biomassa, a Camil quer aproveitar a casca de arroz proveniente de uma de suas operações de beneficiamento para a geração de energia. A casca do arroz tem alto poder calorífico e regularidade térmica próprios para a produção de processos termelétricos, sendo uma alternativa mais sustentável frente a combustíveis fósseis.

A nova unidade tem previsão de entrar em operação em 2023 e incrementará a capacidade de sua geração de energia através da utilização de casca de arroz.

No Brasil, 95% da energia consumida pelas unidades industriais pela Camil provém de fontes renováveis, das quais 43% foram por meio de geração própria no último ano. A geração é realizada do volume de cascas oriundo do processo industrial como combustível em duas pequenas centrais termelétricas da Companhia, localizadas nas cidades de Itaqui e Capão do Leão (RS). A empresa vem aumentando a geração própria nos últimos anos, registrando incremento anual de 7% de geração própria no exercício encerrado em fevereiro de 2021.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos