EURO R$ 5,21 -0,19% MGLU3 R$ 3,73 +0,54% DÓLAR R$ 4,93 +0,00% BBDC4 R$ 19,41 -0,72% ABEV3 R$ 14,14 -0,77% ITUB4 R$ 24,82 -0,64% PETR4 R$ 34,17 +1,93% IBOVESPA 107.005,22 pts +0,71% GGBR4 R$ 27,05 +2,81% VALE3 R$ 79,85 +2,73%
EURO R$ 5,21 -0,19% MGLU3 R$ 3,73 +0,54% DÓLAR R$ 4,93 +0,00% BBDC4 R$ 19,41 -0,72% ABEV3 R$ 14,14 -0,77% ITUB4 R$ 24,82 -0,64% PETR4 R$ 34,17 +1,93% IBOVESPA 107.005,22 pts +0,71% GGBR4 R$ 27,05 +2,81% VALE3 R$ 79,85 +2,73%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Dólar fecha em queda de 2,11%, a R$5,5735; moeda avança 7,36% em 2021

Resultado é atribuído a dados fiscais melhores do que o esperado e à sanção da lei do novo marco cambial

Dólar fecha em queda de 2,11%, a R$5,5735; moeda avança 7,36% em 2021
Foto: Rafastockbr/Shutterstock

O dólar despencou frente ao real nesta quinta-feira (30), mas fechou o ano, marcado pela deterioração da credibilidade fiscal doméstica e redução de estímulos nas principais economias desenvolvidas, em alta de mais de 7% contra o real, mirando um 2022 de muitas incertezas à medida que a corrida eleitoral brasileira se aproxima.

A moeda norte-americana à vista fechou o último pregão de 2021 em queda de 2,11%, a 5,5735 reais na venda, sua perda diária mais acentuada desde 24 de agosto (-2,25%), o que investidores atribuíram a dados fiscais melhores do que o esperado e à sanção do projeto de lei de modernização da regulação cambial pelo presidente Jair Bolsonaro, em meio ainda a volumes reduzidos de negociação.

Apesar das perdas desta sessão, a moeda norte-americana à vista registrou ganho de 7,36% em 12 meses, seu quinto ano consecutivo de valorização.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos