Publicidade

Últimas notícias

Empresas apostam R$ 22 mi em startup de ESG; Totvs (TOTS3) é uma delas

Com o investimento, a Totvs planeja oferecer uma plataforma para mapeamento de impactos ambiental e social

Empresas apostam R$ 22 mi em startup de ESG; Totvs (TOTS3) é uma delas
(Foto: Pixabay)

A Deep, startup brasileira de tecnologia voltada para identificação e aferição de impactos ESG (ambientais, sociais e de governança), captou R$ 22 milhões em uma rodada de investimentos de série A, junto a investidores institucionais. A captação foi liderada pelo CV iDEXO, fundo da Totvs (TOTS3) e gerido pela Citrino Ventures. A rodada também contou com o investimento da empresa de energia Vibra (VBBR3), por meio do Vibra Ventures, do banco BV, e os fundos de investimentos 10M e Alegria Alegria.

Com o investimento e a parceria, a Totvs planeja fortalecer seu portfólio de soluções ESG, passando a oferecer uma plataforma para mapeamento de impactos ambiental e social. A partir da ferramenta da Deep, será possível capturar, ler e processar em tempo real os dados de indicadores provenientes das operações de empresas, integrando-os a uma solução de gestão (ERP).

Segundo a Totvs, o foco em ESG surge ao identificar que é uma agenda que cresce a cada dia entre as empresas brasileiras. “A pauta é urgente, independente do setor de atuação”, diz a diretora de produtos de Manufatura e Logística da Totvs, Angela Gheller. A executiva argumenta que a tecnologia vem para monitorar dados e apoiar na consolidação dos reports [relatórios], que seria o primeiro passo para repensar estratégias e garantir uma gestão mais eficiente de recursos, logística reversa, melhor destinação de resíduos entre outras ações.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Para ela, a Totvs foca em “sensibilizar” o mercado e seus clientes de que competitividade e sustentabilidade andam juntas e para isso pensam em uma jornada que atenda, acompanhe e desenvolva a maturidade do mercado.

Já o CEO da Deep, Arthur Covatti, conta que a startup almeja se tornar a principal empresa de mensuração de impacto da América Latina. “O apoio e investimento da maior empresa de tecnologia do País será crucial nessa jornada”, afirma Covatti.

Web Stories

Ver tudo
<
>