Últimas notícias

Ibovespa hoje: índice fecha em queda pressionado por Petrobras (PETR3; PETR4)

Falas de Jean Paul Prates sobre dividendos da petroleira desagradaram o mercado

Ibovespa hoje: índice fecha em queda pressionado por Petrobras (PETR3; PETR4)
Painel do Ibovespa mostra cotações do dia. (Foto: Werther Santana/Estadão)

Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira (28), pressionado pelo forte recuo das ações da Petrobras (PETR3;PETR4), após falas de Jean Paul Prates, presidente da estatal. A principal referência da B3 terminou o dia em baixa de 1,16%, aos 130.155,43 pontos, após oscilar entre máxima a 131.684,56 pontos e mínima a 129.770,76 pontos.

Em entrevista à Bloomberg News, o executivo destacou que a petroleira deve ser mais cautelosa em relação à distribuição de dividendos, à medida em que busca se tornar uma potência em energia renovável. Quando questionado sobre a possibilidade de pagamento de proventos extraordinários, Prates desconversou. “Precisamos ser cautelosos. Os acionistas vão entender”, disse.

Na visão de Leandro Petrokas, sócio da Quantzed, a declaração não agradou os investidores, que estão à espera do pagamento de dividendos altos. “Historicamente, a Petrobras não possui um bom track record (histórico de desempenho de um investimento ao longo do tempo) de aquisições de unidades ou empresas. Uma eventual mudança na política de dividendos também apresenta um risco adicional”, explica.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Outras ações que sofreram na sessão foram as do IRB (IRBR3), após o ressegurador divulgar seus resultados de 2023 com base nos padrões da Superintendência de Seguros Privados (Susep). A empresa encerrou o último ano com lucro líquido de R$ 114,229 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 630,341 milhões registrado em 2022. Entretanto, o balanço “oficial” da companhia, seguindo as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), será publicado somente em março.

Na ponta contrária, as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) confirmaram os ganhos da véspera e lideraram com folga as altas do Ibovespa pela segunda sessão consecutiva. A valorização ainda foi amparada pelo aval do Tribunal de Paris ao plano de reestruturação do Casino, controlador da varejista. Há expectativa de que, com essa reestruturação, o grupo reduza drasticamente sua participação no Pão de Açúcar.

Na terça-feira (27), a principal referência da B3 havia encerrado a sessão em alta de 1,61%, aos 131.689,37 pontos, após o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) vir abaixo do esperado pelo mercado.

Como é calculado o Índice Ibovespa?

O sistema de pontos Ibovespa busca representar o comportamento dos preços do conjunto de ações nos pregões administrados pela B3. Cada ponto equivale a 1 real. Assim, uma carteira com uma composição idêntica ao do índice custa aproximadamente R$ 120 mil, que é a quantidade de pontos do Ibovespa.

Apesar de a pontuação ser importante para compreender a valorização da Bolsa, a variação de pontos durante um período é uma referência mais relevante para entender e comparar o desempenho das ações e de fundos de renda variável. Dessa maneira, qualquer investimento do tipo deve ter uma rentabilidade maior do que essa taxa para ser considerado bom.

A flutuação do índice reflete a expectativa dos investidores em relação aos ativos e aos cenários interno e externo. Quando a pontuação do Ibovespa sobe, isso significa que, na média, as ações que a compõem se valorizaram. O movimento de queda indica que boa parte dos papéis fechou o dia no vermelho.

Publicidade