MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,55 +0,74% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% VALE3 R$ 74,62 +3,21% PETR4 R$ 26,29 -0,60% ABEV3 R$ 13,67 +2,48%
MGLU3 R$ 2,47 -2,75% EURO R$ 5,55 +0,74% ITUB4 R$ 23,44 -0,21% DÓLAR R$ 5,24 +0,00% BBDC4 R$ 17,92 -0,94% IBOVESPA 98.672,26 pts +0,60% GGBR4 R$ 23,15 +4,40% VALE3 R$ 74,62 +3,21% PETR4 R$ 26,29 -0,60% ABEV3 R$ 13,67 +2,48%
Delay: 15 min
Últimas notícias

IGP-M desacelera a 1,41% em abril e acumula 6,98% em 2022

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) puxou o alívio do IGP-M, ao desacelerar

IGP-M desacelera a 1,41% em abril e acumula 6,98% em 2022
Conhecido como "inflação do aluguel", o IGP-M é responsável pelo reajuste de contratos em diversos setores. (Fonte: Pexels)

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou a 1,41% em abril, de 1,74% em março, informou há pouco a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado ficou perto do piso da pesquisa Projeções Broadcast, de 1,45%, e inferior à mediana do levantamento (1,70%). O teto era de 2,48%.

Com o resultado, a inflação acumulada em 12 meses pelo IGP-M arrefeceu a 14,66% em abril, de 14,77% em março. A taxa efetiva ficou aquém da estimativa intermediária da pesquisa, de 15,0%, mas dentro do intervalo das projeções (14,25% a 15,87%). O IGP-M acumula alta de 6,98% em 2022.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) puxou o alívio do IGP-M, ao desacelerar de 2,07% em março para 1,45% em abril. O indicador de custos no atacado acumula alta de 16,09% em 12 meses e de 8,42% em 2022.

Em contrapartida, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) acelerou de 0,86% para 1,53% no período. O indicador sobe 10,37% em 12 meses e 3,18% no ano. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) avançou de 0,73% para 0,87% e sobe 11,54% em 12 meses e 2,74% em 2022.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos