EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
Delay: 15 min
Últimas notícias

JPMorgan: Copom deve elevar Selic em 0,75 na semana que vem

O banco afirma que não é possível descartar uma alta de 1 ponto na próxima semana

  • Por enquanto, o JP mantém o cenário de três aumentos de 0,75 ponto, seguidos de duas elevações de 0,50 ponto, com a Selic chegando a 6,50%, patamar em que ficaria até o fim de 2022

(Estadão Conteúdo) – O JPMorgan espera que o Comitê de Política Monetária (Copom) eleve a taxa Selic em 0,75 ponto porcentual, para 4,25%, na semana que vem e sinalize outro aumento da mesma magnitude para agosto, retirando a indicação de ajuste parcial.

Porém, o banco afirma que não é possível descartar uma alta de 1 ponto na próxima semana, se as expectativas de 2022 se distanciarem mais do centro da meta (3,50%) no Boletim Focus que será divulgado na segunda-feira, seguindo a deterioração provável na mediana para 2021. “Esse não é o nosso cenário base, mas o Banco Central já adotou essa estratégia de antecipar o ajuste quando começou o ciclo de normalização com uma alta de 0,75 ponto em março”, dizem a economista-chefe no Brasil, Cassiana Fernandez, e o economista Vinicius Moreira, em relatório.

Por ora, o JP mantém o cenário de três aumentos de 0,75 ponto, seguidos de duas elevações de 0,50 ponto, com a Selic chegando a 6,50%, patamar em que ficaria até o fim de 2022. “Mas nós sabemos que os riscos são para cima.” Os economistas esperam que a comunicação do Copom seja mais dura em resposta à deterioração adicional no cenário de inflação.

E, então, devem remover a sinalização ao ajuste parcial da política monetária. “Em nossa opinião, isso vai aumentar a liberdade do BC e reforçar o compromisso com levar a inflação de volta à meta no horizonte relevante para a política monetária”, dizem, acrescentando que a sinalização de outra alta de 0,75 ponto em agosto também deve contribuir para ancorar as expectativas. Segundo o JP, o desenvolvimento recente da inflação requer mais cuidado.

A inflação está mais disseminada, as expectativas já estão subindo, e as melhores expectativas para a atividade sugerem que a inflação pode se tornar mais estrutural.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos