Últimas notícias

Poupança tem 4º mês seguido de perdas; veja valores

Dados do Banco Central indicam que as retiradas superaram as aplicações em R$ 6,251 bilhões no mês passado

Poupança tem 4º mês seguido de perdas; veja valores
Caderneta de poupança tem liquidez mensal. Foto: Envato Elements

A caderneta de poupança registrou mais um mês no vermelho em abril, o quarto consecutivo. Dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC) mostram que as retiradas superaram as aplicações em R$ 6,251 bilhões no mês passado, em um contexto de juros elevados, economia com ritmo fraco de crescimento, inflação e alto endividamento da população.

Em abril, foram aplicados na poupança R$ 289,272 bilhões, enquanto R$ 295,524 bilhões foram sacados pelos brasileiros. Considerando o rendimento de R$ 6,287 bilhões, o saldo total da caderneta somou R$ 967,530 bilhões ao final do mês.

No acumulado de 2023, a poupança já tem perdas de R$ 57,484 bilhões. Em 2022, a captação líquida já havia sido negativa em R$ 103,237 bilhões, o pior ano na história da poupança, cuja série foi iniciada em 1995. O saldo total da caderneta também vem caindo paulatinamente desde o início do ano passado. No fim de 2021, o saldo era R$ 1,030 trilhão.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Atualmente, com a taxa Selic a 13,75% ao ano, a poupança é remunerada pela taxa referencial (TR), hoje em 0,2054% ao mês (2,49% ao ano), mais uma taxa fixa de 0,5% ao mês (6,17% ao ano). Quando a Selic está abaixo de 8,5%, a atualização é feita pela TR mais 70% da taxa básica de juros.