EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
Delay: 15 min
Investimentos

O que deu errado para a empresa símbolo do aluguel de carros

A Hertz entrou com pedido de falência nos EUA. É um alerta para as brasileiras Movida, Localiza e Unidas?

FILE PHOTO: A logo of the American car rental company Hertz is seen at Bordeaux Airport in Merignac, Southwestern France, February 4, 2016. REUTERS/Regis Duvignau/File Photo
Pátio da Hertz, locadora de veículos, no aeroporto de Bordeuax, na França. Operação na Europa ficou de fora do processo de falência (Foto: Regis Duvignau/Reuters)
  • Epidemia global cancelou viagens de lazer e de negócios e a segunda maior companhia de aluguel de carros dos EUA ficou sem receita
  • A petição da Hertz listou cerca de US$ 25,8 bilhões em ativos e US$ 24,4 bilhões em dívidas

(Jack Pitcher e David Welch/WP Bloomberg) – A Hertz Global Holdings, empresa de aluguel de carros fundada com uma dúzia de Ford Model Ts há mais de um século, entrou com pedido de falência na sexta-feira 22, depois que as restrições de viagens e o colapso econômico global destruíram a demanda por seus veículos. O arquivamento do Chapter 11 (Capítulo 11) em Delaware permite que a Hertz continue operando enquanto cria um plano para pagar os credores e reverter os negócios.

A segunda maior empresa de aluguel de carros dos Estados Unidos não precisa de financiamento no momento, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto, porque tem mais de US$ 1 bilhão de dinheiro em mãos. A petição da Hertz listou cerca de US$ 25,8 bilhões em ativos e US$ 24,4 bilhões em dívidas, e seus maiores credores incluem IBM Corp. e Lyft Inc.

Depois que a pandemia do coronavírus dizimou a receita da companhia, o locadora de veículos procurou ajuda dos credores e um resgate do Departamento do Tesouro dos EUA. Mas, embora tenha conseguido negociar uma indenização de curto prazo, não conseguiu concluir acordos de longo prazo. “Com a severidade do impacto da covid-19 em nossos negócios e a incerteza de quando as viagens e a economia se recuperarão, precisamos tomar mais medidas para enfrentar uma recuperação potencialmente prolongada”, disse Paul Stone, diretor executivo da Hertz, em um comunicado.

A empresa de Estero, na Flórida, nomeou Stone como seu quinto CEO desde 2014, apenas quatro dias antes do pedido de falência. Analistas alertaram para ramificações da indústria automotiva devido à falência da Hertz. A empresa possui uma frota de cerca de 400 mil carros nos EUA que não estão sujeitos a acordos de recompra com fabricantes de veículos e podem ser liquidados, escreveu Michael Ward, analista da Benchmark Co., em relatório na semana passada. “O risco para o setor automobilístico ocorre se os credores da dívida garantida pelos veículos decidirem liquidar a frota para pagar os títulos”, escreveu Ward, em 14 de maio.

O impacto que essas vendas podem ter sobre os preços dos carros usados ​​pode ser minimizado pela venda desses veículos ao longo de vários meses, disse Ward. A Hertz afirmou que agora tem dinheiro suficiente para apoiar suas operações, que incluem Hertz, Dollar, Thrifty, Firefly, Hertz Car Sales e Donlen. Mas pode ser necessário angariar mais, talvez por meio de empréstimos adicionais, enquanto o processo de falência avança.

Os procedimentos do Capítulo 11 envolvem as subsidiárias da empresa nos EUA e no Canadá e não incluem suas operações internacionais na Europa, Austrália ou Nova Zelândia. “A Hertz não teve escolha a não ser reduzir suas operações e vender ativos para pagar sua significativa dívida”, disse Joseph Acosta, sócio do escritório de advocacia Dorsey & Whitney, em um email. “Esperamos que as despesas de reestruturação não enterrem a empresa no processo”.

A empresa começou a demitir trabalhadores para economizar dinheiro em março, pois medidas de emergência para conter o vírus interromperam as viagens de negócios e de lazer. A Hertz divulgou em 29 de abril que havia perdido pagamentos substanciais de aluguel relacionados a seus veículos. Embora todas as empresas relacionadas a viagens tenham sido afetadas pela pandemia, grande parte do que pesa na Hertz é sua estratégia de possuir ou arrendar uma grande parte de sua frota, em vez de adquiri-las por meio de acordos de recompra com fabricantes. A Hertz geralmente responde à queda na demanda com a venda de carros de sua frota, por isso foi especialmente afetada pela queda nos preços nos leilões de carros usados.

A White & Case é consultora jurídica da empresa, a Moelis & Co. é a banqueira de investimentos e a FTI Consulting Inc. está fornecendo consultoria financeira. O investidor bilionário Carl Icahn detém uma participação de 39%. A Hertz, originalmente conhecida como Rent-a-Car Inc., foi fundada em Chicago em 1918. Estava operando 12.400 locais em todo o mundo a partir de fevereiro.

Invista utilizando as melhores plataformas de negociação. Cadastre-se na Ágora Investimentos
EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
Delay: 15 min

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos