Investimentos

LCI: o que é e quais são as vantagens desse investimento?

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) é uma opção interessante para quem não tem pressa para o resgate

LCI: o que é e quais são as vantagens desse investimento?
Conheça as vantagens de investir em LCI. (Foto: Shutterstock)
  • As LCIs são emitidas por instituições financeiras que possuem carteiras de crédito imobiliário dentro de seu portfólio de investimentos
  • As LCIs são emitidas por instituições financeiras que possuem carteiras de crédito imobiliário dentro de seu portfólio de investimentos
  • A LCI pode ser do tipo prefixado ou pós-fixado. No prefixado, o investidor sabe o valor que vai receber no momento em que contrata o título. Já no pós-fixado, parte do rendimento está atrelado a um dos seguintes indicadores econômicos:

(Mônica Wanderley da Silva, Especial para o E-Investidor) – A palavra “poupança” é o primeiro termo que vem à mente de muita gente quando se pensa em renda fixa. O motivo é simples: ela é o primeiro contato das pessoas com um investimento que conta com uma rentabilidade predefinida.

Porém, a partir do momento que se estuda outros tipos de aplicação, surgem novas modalidades de renda fixa, como o Tesouro Direto, o Certificado de Depósito Bancário (CDB) e a Letra de Crédito Imobiliário (LCI).

O que é uma Letra de Crédito Imobiliário?

A LCI é um título de renda fixa criado para, como o nome já revela, financiar o segmento imobiliário. As LCIs são emitidas por instituições financeiras que possuem carteiras de crédito imobiliário dentro de seu portfólio de investimentos.

O seu lastro, ou seja, o ativo usado para dar confiabilidade no retorno do investimento, é feito com base no financiamento de imóveis que estão sob alienação fiduciária ou com hipoteca feita pela instituição financeira responsável por emitir a letra de crédito.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

De uma forma simples, a LCI funciona como um tipo de empréstimo: você compra a “dívida” de uma instituição e, depois de determinado tempo, recebe o valor de volta acrescido dos juros.

Tipos de investimento disponíveis para a LCI

A LCI pode ser do tipo prefixado ou pós-fixado. No prefixado, o investidor sabe o valor que vai receber no momento em que contrata o título. Já no pós-fixado, parte do rendimento está atrelado a um dos seguintes indicadores econômicos:

  • Certificado de Depósito Interbancário (CDI);
  • Índice de Preços do Consumidor (IPCA);
  • Selic, a taxa básica de juros.

É muito simples investir em LCI: basta criar uma conta em uma instituição financeira que tem essa opção de título de renda fixa, pesquisar qual dos indicadores acima mais se ajusta aos seus objetivos, investir o valor desejado e aguardar até o prazo de vencimento.

Diferença entre LCI e LCA

No setor dos investimentos, a LCI é mencionada com frequência em conjunto com a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

A LCA também é um título de renda fixa e foi criado para fomentar um setor — no caso, o agronegócio.

Tirando o fato de que seus recursos são de outro segmento econômico, o funcionamento é igual ao da LCI.

Imagem panorâmica aérea de um complexo residencial
A LCI se apoia no desenvolvimento do setor imobiliário para oferecer condições atraentes de investimento. (Foto: Alf Ribeiro/Shutterstock)

Vantagens de investir na LCI

O principal motivo que faz da LCI uma opção interessante para renda fixa é o fato de que ela é isenta de descontos no Imposto de Renda (IR).

Esse dado é importante porque faz investimentos em LCI, que à primeira vista parecem ter menor rentabilidade, ficarem mais vantajosos em alguns cenários.

Outra vantagem desse investimento é o fato de ele estar coberto pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), entidade que garante a devolução de até R$ 250 mil por CPF caso a instituição financeira não consiga honrar o pagamento do título.

Publicidade

A isenção do Imposto de Renda, em conjunto com a segurança do FGC, faz a Letra de Crédito Imobiliário ser uma opção de investimento com muitas vantagens dentro do universo da renda fixa.

E quais são as desvantagens da LCI?

A principal desvantagem da LCI é a falta de liquidez: caso você precise resgatar o dinheiro antes do dia de vencimento, não terá o seu rendimento garantido e pode ainda sofrer descontos no valor investido, dependendo do tempo de aplicação..

Mesa com lupa, moedas, calculadoras e um cofrinho
Por ser um investimento com baixa liquidez, é preciso encarar a LCI como um investimento de longo prazo e não contar com o dinheiro aplicado para emergências. (Foto: Photoboy/Shutterstock)

Além disso, esse título tem um período de carência que pode chegar a 90 dias, ou seja, reaver esse dinheiro fora do prazo dá uma considerável “dor de cabeça”.

Existem opções de LCI com prazo de resgate mais curto. Porém, o percentual de rendimento fica bem abaixo do registrado no ativo tradicional, mesmo porque uma das características da renda fixa é oferecer maior rentabilidade para investimentos com maior prazo de vencimento.

Por isso, a LCI é recomendada para quem deseja realizar investimentos de médio ou longo prazo e que possa aplicar um valor que não esteja relacionado com a reserva financeira, para não correr o risco de ficar em uma situação que gere estresse e perda de dinheiro aplicado.

Vale a pena investir na LCI?

Fazendo valer uma das regras mais antigas do mundo dos investimentos, a resposta é: depende. Não dá para desconsiderar uma aplicação livre de alíquotas do IR ao mesmo tempo que essa opção se torna a menos indicada caso você queira “se arriscar”, investindo um valor que pode fazer falta caso um imprevisto aconteça.

Para quem já tem um valor à parte para emergências, pode esperar por um retorno a longo prazo e quer diversificar suas aplicações em renda fixa maximizando os ganhos, apostar na LCI pode gerar experiências muito positivas.

Vale lembrar que, mesmo com a isenção do IR, sempre é importante fazer as contas e comparar a aplicação em LCI a outros investimentos de prazos e rendimentos semelhantes. Apesar de esse título ter maior rentabilidade em grande parte dos casos, as exceções sempre estão aí para se fazerem presentes.

Publicidade

Fonte: Banco Central do Brasil.

Web Stories

Ver tudo
<
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
Como investir em IA para ganhar dinheiro?
5 passos para planejar a independência financeira dos seus filhos
Como identificar as notas antigas do real que saíram de circulação?
Reforma tributária: quais alimentos terão imposto zerado ou reduzido? Confira lista
Voo cancelado pelo apagão cibernético? Veja o que fazer
Apagão cibernético: veja quais bancos brasileiros foram afetados
Novo aumento da gasolina? Entenda porque Petrobras pode mexer de novo no preço dos combustíveis
Bancos digitais: confira 5 contas que melhor pagam seus clientes
O que é BPC? Por que governo quer fazer pente-fino neste benefício social?
Mega-Sena: como aumentar minhas chances de vencer?
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos