MGLU3 R$ 7,80 -2,99% BBDC4 R$ 19,91 -1,78% ITUB4 R$ 22,38 -1,24% IBOVESPA 101.915,45 pts -0,87% EURO R$ 6,39 +0,28% DÓLAR R$ 5,64 +0,34% GGBR4 R$ 25,80 +0,00% PETR4 R$ 29,43 -0,14% ABEV3 R$ 16,06 -1,71% VALE3 R$ 69,95 +0,65%
MGLU3 R$ 7,80 -2,99% BBDC4 R$ 19,91 -1,78% ITUB4 R$ 22,38 -1,24% IBOVESPA 101.915,45 pts -0,87% EURO R$ 6,39 +0,28% DÓLAR R$ 5,64 +0,34% GGBR4 R$ 25,80 +0,00% PETR4 R$ 29,43 -0,14% ABEV3 R$ 16,06 -1,71% VALE3 R$ 69,95 +0,65%
Delay: 15 min
Mercado

Qual é a próxima empresa de US$ 2 trilhões. Veja como investir nela

A Apple se tornou a primeira companhia a valer mais de US$ 2 tri. Veja quem está perto da marca

Logo da Apple em Toronto
A inconfundível marca da Apple em uma prédio de Toronto. (Brent Lewin/ Bloomberg)
  • Apple se torna a primeira empresa com valor de mercado superior a US$ 2 trilhões
  • Empresas mais próximas de alcançar a marca são Amazon (AMZN), Microsoft (MSFT) e Google (GOOGL)
  • A partir de setembro, o pequeno investidor poderá aplicar nas ações das companhias por meio de BDRs

Depois de quebrar todos os recordes e ganhar o título de primeira empresa com valor de mercado de US$ 1 trilhão, em 2018, a Apple agora é também a primeira companhia a valer mais de US$ 2 trilhões. A marca foi alcançada após seus papéis apresentarem alta superior a 1% no pregão da Nasdaq. Até às 13h45, horário de brasília, a AAPL estava cotada a US$ 466,88.

Desde agosto de 2018, a ação da empresa já se valorizou mais de 125% – só neste ano, a alta já é superior a 58%. Segundo especialistas, o bom desempenho se deu por conta do crescimento do setor de tecnologia nos últimos anos e pela alta demanda dos produtos durante a pandemia de coronavírus, que fez com que o papel não sofresse tanto.

Para efeito de comparação, a riqueza da gigante de tecnologia agora é maior do que Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e de outros 169 países, segundo o Banco Central. Se fosse uma nação, a Apple seria o 8º país mais rico do mundo, perdendo apenas para EUA, China, Japão, Alemanha, Índia, Reino Unido e França.

A pedido do E-Investidor, a Economatica levantou as empresas que estão mais próximas de chegarem ao valor de mercado de US$ 2 tri. Veja o ranking (em US$ trilhão):

1º. Amazon (AMZN) – US$ 1,657

2º. Microsoft (MSFT) – US$ 1,603

3º. Google (GOOGL) – US$ 1,066

Como investir nessas ações?

Com a flexibilização das regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para investimentos em BDRs – iniciais de Brazilian Depositary Receipts -, o investidor comum passará a ter acesso às empresas estrangeiras a partir de 1º de setembro. Até então, apenas investidores qualificados (ou seja, com patrimônio acima de R$ 1 milhão) podiam se expor ao produto.

Os BDRs são títulos certificados emitidos no Brasil que funcionam como um “espelho” das ações americanas. Os investidores poderão adquiri-los por meio de corretoras que oferecem o serviço.

Assim que a nova regra começar a valer, os investidores terão acesso facilitado a Apple (AAPL34)Amazon (AMZO34)Microsoft (MSFT34), Google (GOOGL34). Na prática, será possível diversificar a carteira com BDRs, escolhendo as empresas da mesma forma que se decide investir em uma ação brasileira.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos