DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,25 -0,02% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
DÓLAR R$ 5,09 -0,05% BBDC4 R$ 19,13 +1,49% EURO R$ 5,25 -0,02% ITUB4 R$ 26,38 +1,43% MGLU3 R$ 3,29 +6,82% PETR4 R$ 37,11 -0,35% ABEV3 R$ 15,16 +2,71% GGBR4 R$ 25,38 +0,63% IBOVESPA 110.235,76 pts +1,46% VALE3 R$ 70,05 -0,13%
Delay: 15 min
Mercado

Confira o passo a passo para reservar ações da Eletrobras via FGTS

Os trabalhadores podem efetuar a reserva das ações em bancos e instituições financeiras que operam o FMP-FGTS

Confira o passo a passo para reservar ações da Eletrobras via FGTS
Para os analistas, a companhia pode ganhar mais eficiências nas suas operações com a privatização. (Foto: Envato Elements)
  • O valor mínimo para a compra das ações da companhia é de R$ 200. O trabalhador pode usar até 50% dos recursos do seu FGTS
  • Os interessados em investir na companhia podem comprar ações da empresa por meio dos Fundos Mútuos de Privatização (FMP), ligados ao FGTS. A estimativa, segundo o prospecto de oferta das ações, é que o uso dos recursos do fundo chegue a R$ 6 bilhões
  • Além da Caixa, outros bancos e corretoras terão sua própria seção para os interessados em reservar as ações. Cada instituição financeira irá cobrar uma taxa de administração em cima do investimento realizado com os recursos do FGTS

Começa nesta sexta-feira (3) o período de reserva para a compra das ações da Eletrobras  destinada aos trabalhadores com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Será possível utilizar até 50% do total que está depositado no FGTS de cada trabalhador para aquisição dos papéis. O valor mínimo para a compra dos ativos é de R$ 200. O período de reserva vai até 8 de junho.

Os interessados em investir na companhia podem comprar ações da empresa por meio dos Fundos Mútuos de Privatização (FMP), ligados ao FGTS. A estimativa, segundo o prospecto de oferta das ações, é que o uso dos recursos do fundo chegue a R$ 6 bilhões.

Antes de fazer a reserva, é preciso autorizar a instituição financeira de preferência do investidor a consultar os saldos do FGTS. O procedimento deve ser feito por meio do aplicativo FGTS, da Caixa Econômica Federal.

Lá, o trabalhador deve escolher a opção “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS” e na sequência “Aplicação nos fundos mútuos de privatização FGTS”, selecionando “FMP Eletrobras”. Depois, é preciso escolher uma das dezenas de administradoras que aparecerem. A instituição financeira escolhida deve ser a mesma em que será feita a reserva.

Para quem for correntista da Caixa Econômica Federal, basta entrar no app e escolher a opção “investimentos”. Depois, clica na seção “Reserva FMP” e seleciona a opção “Recursos FGTS”. Ao abrir a tela seguinte, vai aparecer todas as contas disponíveis listadas e os valores máximos de investimentos para cada uma delas.

Nesse caso, o trabalhador irá precisar habilitar as contas vinculadas do FGTS pelas quais vai realizar o investimento e definir os valores para a compra das ações. O processo de reserva é concluído após concordar com o Termo de Adesão do FMP.

Outros bancos e corretoras terão sua própria seção para os interessados em reservar as ações. Cada instituição financeira irá cobrar uma taxa de administração em cima do investimento realizado com os recursos do FGTS.

“Como esses fundos (FMP-FGTS) são ‘mono ação’, ou seja, podem investir o capital em apenas uma empresa, o grande diferencial da rentabilidade entre eles serão as taxas de administração. Nesse sentido, a melhor escolha para o investidor tende a ser aqueles fundos que oferecem a menor taxa possível”, orienta Bernardo Viero, analista da Suno Research.

Confira a taxa de administração cobrada por cada instituição financeira

NomeTaxa de AdministraçãoData de Registro
ALFA I ELETROBRAS FMP FGTS0,45%9/3/2021
ALFA II MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,45%9/3/2021
BB ELETROBRAS FMP FGTS0,50%4/13/2022
BB MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,50%4/13/2022
BNB ELETROBRAS FMP FGTS0,45%5/27/2022
BRADESCO ELETROBRAS FMP FGTS0,40%4/13/2022
BRADESCO MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,40%4/13/2022
BTG PACTUAL REFERENCE ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/7/2022
CAIXA ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/12/2022
CAIXA MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/12/2022
DAYCOVAL ELETROBRAS FMP FGTSnão cobra4/20/2022
GENIAL ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/19/2022
GENIAL MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/19/2022
GUIDE ELETROBRAS FMP FGTS0,40%4/20/2022
ITAÚ ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/8/2022
ITAÚ MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,20%4/8/2022
MAM ELETROBRAS FMP FGTS0,80%5/30/2022
SAFRA ELETROBRAS FMP FGTS0,50%4/14/2022
SAFRA MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,50%4/14/2022
SANTANDER ELETROBRAS FMP FGTS0,50%4/26/2022
SANTANDER MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,50%4/26/2022
WARREN ELETROBRAS FMP FGTS0,50%5/30/2022
XP ELETROBRAS FMP FGTS0,55%4/7/2022
XP MIGRAÇÃO ELETROBRAS FMP FGTS0,55%4/20/2022

Fonte: Quantum Finance/Dados referentes ao período de 01/06/2022

Vale a pena investir?

O preço das ações será definido em 9 de junho, enquanto o início das primeiras negociações em pregão devem ocorrer no dia 13 de junho. Quem adquirir posição na companhia por meio dos recursos do FGTS só poderá vender as ações após 12 meses da compra.

Analistas apontam que utilizar o dinheiro parado do fundo pode ser um bom negócio para o trabalhador. O motivo está no potencial de retorno que as ações da Eletrobras podem oferecer para o investidor. “O FGTS é um investimento muito ruim. O fundo rende menos do que a poupança, menos do que a taxa Selic e a inflação”, avalia Gustavo Pazos, analista do time de Research da Warren.

Atualmente, o rendimento do FGTS é de 3% ao ano. Por outro lado, as ações ELET3 e ELET4 renderam somente no acumulado deste ano 31,2% e 34,3%, respectivamente. “A Eletrobras é uma empresa que vem melhorando operacionalmente nos últimos anos e deve passar por mudanças estruturais importantes nos próximos meses. Por mais que a gente não saiba quais serão as mudanças, o mercado espera uma governança mais eficiente”, destaca Pazos.

Além disso, Felipe Moura, analista de Investimentos da Financap, lembra que as usinas da Eletrobras operam em regime de cotas, o que reduz o seu retorno financeiro com a venda de energia. Com a privatização, Moura acredita que a companhia poderá realizar a venda de energia a preço de mercado. “Isso certamente deve apresentar uma melhoria sensível nas receitas”, afirma Moura.

Por esse motivo, o analista avalia como um bom investimento a compra das ações da companhia. “Hoje a Eletrobras negocia 0,8x o seu valor patrimonial. A média histórica do setor elétrico é de 1,6x. Você tem um desconto de 50% e que se atribui, principalmente, pelo fato de o governo ser o controlador da empresa”, acrescenta Moura, que projeta um crescimento no preço dos papéis com a finalização do processo de privatização.

Leonardo Piovesan, analista fundamentalista da Quantzed, também acredita que é uma boa oportunidade utilizar os recursos do FGTS para se posicionar na companhia. No entanto, ele acrescenta que o trabalhador precisa avaliar qual o valor mais confortável para a sua atual condição financeira. “Trata-se de um investimento em renda variável que pode sofrer fortes oscilações de mercado. Quanto menor for a necessidade deste montante no curto-prazo ou do uso do FGTS para outros fins, maior poderá ser a alocação em ações”, afirma Piovesan.

Apesar das perspectivas positivas, Viero, da Suno, salienta que é necessário cautela ao se posicionar na companhia para não ter uma exposição exagerada, o que pode impactar na diversificação dos investimentos. “A posição deve ser considerada semelhante à de qualquer outra em ações, sem ultrapassar limites de exposição”, recomenda o analista da Suno.

As ações ELET3 fecharam nesta quinta-feira (2) em alta de 0,7% (R$ 43,33). Já ELET6 valorizou 1,52% (R$ 42,65)./COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA BRASIL

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos