EURO R$ 5,23 -0,06% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
EURO R$ 5,23 -0,06% MGLU3 R$ 4,15 +2,97% DÓLAR R$ 5,15 +0,00% ABEV3 R$ 15,50 +0,45% BBDC4 R$ 19,71 +1,60% ITUB4 R$ 27,24 +1,04% PETR4 R$ 32,01 +0,91% GGBR4 R$ 24,43 -2,08% VALE3 R$ 69,95 +2,34% IBOVESPA 113.512,38 pts +0,43%
Delay: 15 min
Mercado

Goldman Sachs projeta alta de 14% do S&P 500 até o fim de 2021

Segundo as estimativas do banco, o lucro médio por ação das empresas listadas no índice deve subir 29%

Goldman Sachs projeta alta de 14% do S&P 500 até o fim de 2021
Bolsa de valores de Nova York. Foto: Jeenah Moon/The New York Times

(Estadão Conteúdo) – O Goldman Sachs projeta que o índice S&P 500, referência nas bolsas de Nova York, atingirá a marca de 4,3 mil pontos no final de 2021, um avanço de cerca de 14% em relação aos níveis atuais. Segundo as estimativas do banco, o lucro médio por ação das empresas listadas no índice deve subir 29%, a US$ 175.

A instituição também prevê apreciação de 5% do euro e da libra ante o dólar, a US$ 1,28 e US$ 1,44 respectivamente. Entre commodities, a previsão é de que o preço do barril do WTI salte 24%, a US$ 61, e do Brent avance 22%, a US$ 63.

O cobre negociado na London Metal Exchange (LME) deve ganhar 23%, a US$ 9.500 a tonelada, enquanto o ouro, da Comex, deve se valorizar 21%, a US$ 2.300 a onça-troy.

No campo macroeconômico, o Goldman Sachs estima crescimento de 5,9% do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos em 2021 e de 3,7% em 2022. A expectativa é de que a taxa de desemprego no país caía de 6,8% para 4,7% no fim do ano que vem.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos