EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
Delay: 15 min
Mercado

‘Vamos continuar de pé e defender uns aos outros durante este momento difícil’, diz CEO do Google

Sundar Pichai ofereceu apoio a funcionários que se sentiram atingidos

Sundar Pichai, CEO da Google
O CEO da Google, Sundar Pichai (Foto: Denis Balibouse/Reuters)
  • Sundar Pichai, da Google, e Tim Cook, da Apple, prestaram apoio aos funcionários que se sentiram mais atingidos com o crime racial: “Vocês não estão sozinhos”
  • As empresas aproveitaram a oportunidade para tecer reflexões sobre como a discriminação vem penalizando os negros em questões como o acesso à justiça e aos serviços públicos e até a contaminação pelo coronavírus
  • Tanto a Google como a Apple anunciaram que vão ajudar organizações comprometidas em promover a justiça racial e inclusive cobrir as doações feitas por seus funcionários

O joelho do policial branco que sufocou e provocou a morte de George Floyd, nos Estados Unidos, continua causando comoção e diversas manifestações. Empresas como Nike, Twitter e Citigroup estão se posicionando publicamente em defesa da justiça racial. A Google e a Apple também escreveram cartas de apoio.

“As comunidades de cor estão sendo desproporcionalmente impactadas pela covid-19. É incrivelmente injusto que, além de carregar o fardo desse vírus mortal, elas também estejam passando por uma onda de violência nos EUA”, disse Sundar Pichai, CEO da Google.

Google e Apple, duas das mais importantes FAANG do mercado de ações dos Estados Unidos, ponderaram que a comunidade negra vem sendo particularmente vitimizada pela pandemia do coronavírus e pelo acesso desigual a serviços públicos e à justiça, fruto de um racismo arraigado na sociedade.

O comprometimento do Google no combate à discriminação passa também pelo lado financeiro, com doações para diversas organizações que estão na linha de frente da luta pela justiça racial. A companhia diz que cobrirá o valor doado por cada funcionário, até o limite de US$ 10 mil.

Confira abaixo a íntegra da mensagem do CEO do Google.

Sundar Pichai, CEO do Google

Olá a todos,

Sei que estou enviando um e-mail para você no início do fim de semana. Como muitos de vocês, passei o dia processando emoções e não podia deixar a semana terminar sem compartilhar alguns pensamentos.

Ontem, destaquei as doações do Google.org para apoiar comunidades de cor que estão sendo desproporcionalmente impactadas pela covid-19. Também conversamos sobre como é incrivelmente injusto que, além de carregar o fardo desse vírus mortal, as comunidades negras também estejam passando por uma onda de violência nos EUA. As mortes sem sentido de George Floyd, Breonna Taylor, Ahmaud Arbery e outras pessoas intensificaram o pesar que nós já estávamos sentindo.

Desde que falamos ontem, as emoções só se intensificaram. Muitos de nós acordamos com cenas de protestos e prisões em várias cidades dos EUA e manchetes dolorosas.

É um momento muito difícil e sinto que muitos de nós estamos sofrendo agora. Sei que o trabalho do progresso social pode ser longo e árduo e, em tempos como esses, podemos sentir que estamos andando para trás. A longo prazo, espero que possamos trabalhar juntos para criar uma sociedade melhor e mais justa.

Hoje, essa não é a realidade que enfrentamos. Então, deixe-me garantir aos que sentem tristeza, raiva, tristeza e medo que vocês não estão sozinhos.

Sua comunidade do Google está comprometida com sua segurança e bem-estar. Se você precisar de apoio extra, entre em contato com seus gestores ou utilize os recursos em go/mentalhealth. Além disso, temos alguns recursos incríveis criados por e para nossos funcionários Black+, incluindo sessões de terapia virtual. E para os colegas que estão procurando maneiras de ajudar, confiram esses recursos, em vez de perguntar à nossa comunidade negra o que vocês podem fazer.

Para aqueles que querem ajudar de outras formas, o Google.org criou uma campanha de doação interna para apoiar organizações nas linhas de frente da luta pela justiça racial – vamos cobrir as doações até o limite de US$ 10 mil por funcionário. O YouTube também está doando para a causa e compartilharemos uma mensagem de apoio nas páginas iniciais do YouTube e do Google no domingo.

Vamos continuar de pé e defender uns aos outros durante este momento difícil.

Invista com o apoio de assessores especializados. Cadastre-se na Ágora Investimentos
EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
EURO R$ 6,04 +0,24% DÓLAR R$ 5,35 +0,21% ITUB4 R$ 26,80 -0,56% MGLU3 R$ 79,25 -0,19% BBDC4 R$ 21,94 -2,27% IBOVESPA 99.160,33 pts -0,61% PETR4 R$ 22,21 +0,32% GGBR4 R$ 16,06 +0,06% ABEV3 R$ 14,62 -0,14% VALE3 R$ 56,40 -0,04%
Delay: 15 min

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos