Publicidade

Mercado

As melhores ações para ganhar dividendos em agosto

Os papéis do Banco do Brasil, Energias do Brasil e Petrobras são os destaques do mês. Veja as indicações

As melhores ações para ganhar dividendos em agosto
Foto: Aline Bronzati/Estadão.
  • O E-Investidor consultou 8 corretoras para entender quais as melhores ações para quem quer ganhar dividendos em agosto
  • Entre a opções indicadas, os papéis do Banco do Brasil (BBAS3) se destacaram, com 5 indicações
  • Os papéis da instituição financeira centenária terminaram julho em alta acumulada de 7,85%, aos R$ 35,97. No mesmo período, o Índice de Dividendos da B3 (IDIV) subiu 1,98%, enquanto o Ibovespa acumulou valorização de 4,69%, aos 103.164,69 pontos

Existem várias maneiras de organizar a carteira, que mudam conforme os objetivos de cada investidor. Para quem tem foco em obter renda passiva, como o megainvestidor Luiz Barsi, as carteiras recomendadas de dividendos podem ajudar a encontrar ativos com potencial para pagar gordos proventos.

O E-Investidor consultou 8 corretoras para entender quais as melhores ações para quem quer ganhar dividendos em agosto. Entre a opções indicadas, os papéis do Banco do Brasil (BBAS3) se destacaram, com 5 indicações.

Os papéis da instituição financeira centenária terminaram julho em alta acumulada de 7,85%, aos R$ 35,97. No mesmo período, o Índice de Dividendos da B3 (IDIV) subiu 1,98%, enquanto o Ibovespa acumulou valorização de 4,69%, aos 103.164,69 pontos. Nesta reportagem, mostramos como a bolsa superou a ‘tempestade perfeita’ e ficou no positivo; veja os detalhes

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

De acordo com as projeções da Ágora Investimentos, o banco deve ter um retorno em proventos de 12,2%, o maior de toda a carteira de dividendos da corretora. Os papéis da companhia também estaria descontados frente aos pares. A casa estipulou um preço-alvo de R$ 45 para o ativo, um potencial de alta de 25% em relação ao fechamento da última sexta-feira (29).

A BBAS3 também está entre os ativos indicados para ganhar dividendos em agosto da Ações Garantem Futuro (AGF), Guide Investimentos, XP e Warren.

“É um banco que tem embutido no seu preço um risco estatal e político, mas que tem mostrado nos últimos anos que tem conseguido manter uma boa blindagem da sua estrutura de governança”, afirma Louise Barsi, CEO da AGF. “Temos boas perspectivas de dividendo e a empresa anunciou que pagaria 40% de payout este ano, com uma política de dividendo trimestral.”

Empatados em segundo lugar entre as ações mais indicadas para dividendos estão Energias do Brasil (ENBR3) e Petrobras (PETR4), com quatro recomendações cada. É importante ressaltar que a petroleira surpreendeu o mercado na última semana com o anúncio do pagamento de proventos no montante de R$ 6,73 por ação (cerca de R$ 87,8 bilhões) – um patamar recorde; relembre nesta reportagem

A petroleira está na carteira recomendada da Empiricus, apesar das perspectivas de que os preços das commodities comecem a ceder e os riscos políticos que sempre rondam a estatal. “Acompanhamos esses papéis com mais atenção, mas é difícil não incluí-los na carteira dado os valuations excessivamente descontados e os yiels de dois dígitos, mesmo em testes de estresse (considerando um cenário de forte queda das commodities)”, afirma Rodolfo Amstalden, sócio-fundador da research.

Publicidade

Outras ações citadas por pelo menos três corretoras são Energisa (ENGI11 e ENGI3), Taesa (TAEE11, TAEE3 e TAEE4) e Vale (VALE3). Os setores predominantes nos portfólios são o financeiro, elétrico e de commodities, tradicionalmente bons pagadores de dividendos. As companhias destes segmentos geralmente são consolidadas, com caixa previsível e crescimento menos acelerado.

Veja a lista de carteiras de dividendos recomendadas para agosto:

Ações Garantem Futuro (AGF)

A Ações Garantem Futuro (AGF) é uma plataforma que sistematiza o método de investimentos consolidado pelo megainvestidor Luiz Barsi, com foco em renda passiva. Para agosto, a empresa selecionou 20 companhias de 12 setores, que devem distribuir proventos aos investidores.

A seleção faz parte do Mapa do Dividendo Inteligente (MDI), baseado em um histórico de estudo e acompanhamento da distribuição de dividendos das empresas listadas. Entre os papéis indicados, Louise Barsi destaca os ativos do Banco do Brasil (BBAS3), BB Seguridade (seguros) e Taesa (energia).

Apesar do risco político que ronda a instituição financeira estatal, Barsi afirma que o Banco Do Brasil tem entregado o maior Dividend Yield (percentual em dividendos) e tem também o maior Yield projetado. Já a BB Seguridade é uma companhia resiliente, mesmo em tempos de juros altos, enquanto a Taesa tem sido uma ‘máquina de gerar caixa’, de acordo com a executiva da AGF.

“Como boa parte dos contratos da transmissora são de longo prazo e corrigidos pelo IGPM, suas receitas têm repasse inflacionário e a companhia vem gerando um bom caixa, o que a permite investir e remunerar seus investidores”, afirma Barsi, em comunicado enviado à imprensa.

Publicidade

Ágora Investimentos

Para agosto, a Ágora não fez nenhuma alteração na carteira de dividendos. No portfólio, a ação com maior rendimento em dividendos é a Vale, com uma remuneração estimada de 15%. Em média, o retorno esperado do portfólio focado em proventos da corretora é de 9,1% para 2022.

Elite Investimentos

Em relação a julho, a carteira de dividendos da Elite Investimentos não trouxe nenhuma alteração. Entre os papéis selecionados, o que deve registrar a maior alta em 2022 é o da Vibra (VBBR3). As ações da companhia de combustíveis devem chegar ao fim do ano aos R$ 32,17, uma valorização de 93,2% em relação ao fechamento da última sexta-feira (29).

“Desde a saída da Petrobras, a Vibra conseguiu melhorar consideravelmente a sua eficiência operacional”, afirma a Elite, em relatório. “A empresa está deixando de ser um player somente de distribuição de combustíveis, para ser uma empresa de energia.”

Genial Investimentos

Depois de uma valorização de 6,57% da Carteira Dividendos de julho, a Genial Investimentos decidiu realizar duas trocas no portfólio. Para agosto, as ações da BB Seguridade (BBSE3) e Taesa (TAEE11) deixam a lista de indicações. Entram no lugar os papéis da Copasa (CSMG3) e Porto Seguro (PSSA3).

Os critérios utilizados pela corretora para selecionar os ativos que faram parte da Dividendos 5+ são que os ativos tenham volume financeiro médio superior a R$ 10 milhões nos últimos três meses e que pertençam ao IDIV.

Publicidade

Guide Investimentos

Os papéis da Minerva (BEEF3) estrearam na carteira de dividendos da Guide Investimentos em agosto.

As ações entraram no lugar dos ativos da Tim (TIMS3), que deixaram o portfólio de proventos. No total, oito ações fazem parte da seleção, em que os setores de energia, commodities e bancos são preponderantes.

Órama Investimentos

A Órama Investimentos, assim como a Ágora, também não fez nenhuma alteração na carteira de dividendos para agosto. Segundo a corretora, julho foi espetacular para o portfólio de proventos, que acumulou 6,3% de alta até a última quarta-feira (27), quando a carteira foi publicada. No mesmo período, o Índice Dividendos (IDIV) subiu 1,1%.

Nenhuma das ações que fazem parte da seleção apresentaram queda em julho.

XP Investimentos

O grande destaque da Carteira Top Dividendos XP para agosto são as ações da Petrobras (PETR4), com um potencial de retorno em dividendos de 35,4%. A sugestão de peso para os papéis da petroleira é de 20%, enquanto os demais ativos têm indicações de pesos de 5% a 15%.

Publicidade

Abaixo, as cinco ações com maior potencial de pagamento de proventos do portfólio recomendado pela corretora.

Warren Investimentos

A Warren Investimentos retirou as ações da Metalúrgica Gerdau (GOUA4) da carteira Warrem Income Dividendos para agosto e redistribuiu o peso entre os nove papéis restantes. Itaú (ITUB4), Banco do Brasil (BBAS3), Energias do Brasil (ENBR3) e Copel (CPLE6) ficaram com os maiores pesos na seleção, de 15% cada.

Já BrasilAgro (AGRO3), Bradespar (BRAP4), Petrobras (PETR4), Energisa (ENGI11) e JBS (JBSS3) têm pesos de 10% cada.

Web Stories

Ver tudo
<
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos