MGLU3 R$ 3,66 -1,88% EURO R$ 5,15 -1,26% BBDC4 R$ 19,67 +1,34% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% ITUB4 R$ 25,15 +1,33% ABEV3 R$ 14,00 -0,99% PETR4 R$ 34,79 +1,81% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% GGBR4 R$ 27,72 +2,48% VALE3 R$ 81,39 +1,93%
MGLU3 R$ 3,66 -1,88% EURO R$ 5,15 -1,26% BBDC4 R$ 19,67 +1,34% DÓLAR R$ 4,88 +0,34% ITUB4 R$ 25,15 +1,33% ABEV3 R$ 14,00 -0,99% PETR4 R$ 34,79 +1,81% IBOVESPA 108.487,88 pts +1,39% GGBR4 R$ 27,72 +2,48% VALE3 R$ 81,39 +1,93%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Inter (BIDI11), BRF (BRFS3) e Méliuz (CASH3) são os destaques positivos

Índice subiu 1,7% no período, passando de 105.134,73 mil pontos e 106.924,18 mil pontos

Ibovespa na semana: Inter (BIDI11), BRF (BRFS3) e Méliuz (CASH3) são os destaques positivos
Migração para Nasdaq animou investidores. Foto: Divulgação/Inter
  • O Ibovespa na semana terminou em alta de 1,7%, passando de 105.134,73 mil pontos e 106.924,18 mil pontos
  • As três ações que mais subiram na semana foram Inter (BIDI11), BRF (BRFS3) e Méliuz (CASH3)

O Ibovespa na semana terminou em alta de 1,7%, passando de 105.134,73 mil pontos para 106.924,18 mil pontos. O indicador se recupera com revisões para cima dos dados de crescimento do Brasil para este ano e melhora do humor externo, sem novidades negativas em relação à China ou à alta dos juros nos EUA.

“[Jerome] Powell teve seu segundo mandato confirmado [no Fed, banco central americano] e trouxe mais declarações afirmando que a velocidade das altas dos juros, de 50 bps, estão adequadas, o que trouxe alívio para os mercados. Enquanto isso na Europa, dirigentes do BCE indicaram que a primeira alta dos juros deverá ocorrer somente em julho”, afirma a Ativa Investimentos, em comunicado.

Na segunda-feira (9) e terça (10), o principal índice de ações fechou em queda de 1,79% e 0,14%, respectivamente. Já na quarta (11), quinta (12) e sexta (13), terminou as negociações com altas de 1,25%, 1,24% e 1,17%.

O dólar e o euro cederam 0,35% e 1,71% frente ao real nesta semana, encerrando o período cotadas a R$ 5,057 e R$ 5,261, respectivamente.

As três ações que mais subiram na semana foram Inter (BIDI11), BRF (BRFS3) e Méliuz (CASH3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Inter (BIDI11): 17,22%, R$ 15,25

O avanço do processo de migração para a Nasdaq deu suporte para a alta de 17,22% das units do Inter – a maior da semana.

A BIDI11 está em estabilidade no mês, com leve alta de 0,53%. No ano, o papel registra queda acumulada de 46,51%.

BRF (BRFS3): 15,76%, R$ 13,88

Os guidances positivos divulgados pelo setor de frigoríficos e a diminuição de aversão a risco no mundo beneficiaram as ações da BRF. Os ativos terminaram o período em alta de 15,76%, aos R$ 13,88.

A BRFS3 está em alta de 2,21% no mês. No ano, o papel apresenta queda de 38,37%.

Méliuz (CASH3): 12,94%, R$ 1,92

As empresas de tecnologia também se beneficiaram da melhora do apetite ao risco no mundo. Os papéis da Méliuz foram impulsionados e alcançaram valorização de 12,94%, aos R$ 1,92.

A CASH3 está em alta de 2,13% no mês. No ano, o papel acumula queda de 40,74%.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos