EURO R$ 6,38 -0,70% MGLU3 R$ 7,30 +3,55% BBDC4 R$ 21,20 +2,12% DÓLAR R$ 5,67 -0,45% ITUB4 R$ 23,25 +1,17% PETR4 R$ 28,89 +0,45% ABEV3 R$ 16,08 +0,50% IBOVESPA 106.858,87 pts +1,70% GGBR4 R$ 28,50 +2,33% VALE3 R$ 75,77 +5,43%
EURO R$ 6,38 -0,70% MGLU3 R$ 7,30 +3,55% BBDC4 R$ 21,20 +2,12% DÓLAR R$ 5,67 -0,45% ITUB4 R$ 23,25 +1,17% PETR4 R$ 28,89 +0,45% ABEV3 R$ 16,08 +0,50% IBOVESPA 106.858,87 pts +1,70% GGBR4 R$ 28,50 +2,33% VALE3 R$ 75,77 +5,43%
Delay: 15 min
Mercado

Fim das Olimpíadas? Ouro e prata despencam em agosto

Migração para o dólar e commodities pressionadas explicam movimento, afirmam analistas

Barra de ouro (Foto: Evanto Elements)
  • Em agosto, o ouro acumula queda de 4,6%, aos US$ 1.733,10, enquanto a prata cede 8,1%, aos US$ 23,457
  • De acordo com Tiago Feitosa, consultor de valores mobiliários e professor da T2 Educação, o movimento é explicado pela maior migração de investidores para o dólar
  • Já para Pietra Guerra, especialista em ações da Clear Corretora, os metais estão seguindo a direção observada nas commodities no geral

Junto com o fim da Olimpíada de Tóquio, os futuros de ouro e a prata despencaram 4,8% e 6,7% no acumulado das sessões de 06/08 e 08/08, em uma das maiores quedas de dois dias desde o início da pandemia, em março de 2020.

Em agosto, o ouro acumula queda de 4,6%, aos US$ 1.733,10, enquanto a prata cede 8,1%, aos US$ 23,457.

De acordo com Tiago Feitosa, consultor de valores mobiliários e professor da T2 Educação, o movimento é explicado pela maior migração de investidores para o dólar, na esteira da expectativa de que o Federal Reserve (banco central americano) precisará subir juros antes que o esperado.

“A recuperação econômica dos EUA está vindo muito mais rápido que o previsto e isso pode provocar inflação. Consequentemente, os investidores apostam em uma elevação antecipada das taxas de juros”, explica Feitosa. “Semana passada teve os dados do Relatório do Emprego americano que vieram acima das expectativas e, a partir daí, o ouro começou a cair, com os investidores antecipando a alta dos juros e migrando capital para o dólar.”

Os metais não possuem rendimento e tornam-se menos vantajosos que os demais investimentos quando os juros sobem. Por outro lado, o dólar é pressionado para cima em cenário de alta de juros nos EUA.

Já para Pietra Guerra, especialista em ações da Clear Corretora, os metais estão seguindo a direção observada nas commodities no geral. “Hoje vemos um dia bastante negativo para commodities com o mercado preocupado com o avanço da variante Delta e o impacto da nova cepa na reabertura do mundo”, afirma. “Então o mercado de commodities já antecipa um cenário de menor demanda. O Petróleo caiu mais de 6% ao longo da semana e o minério de ferro vem na mesma tendência.”

Na segunda-feira (9), o ouro registrou leve recuperação, de 0,68%, enquanto a prata continuou em queda, de 0,55%.

 

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos