ITUB4 R$ 24,76 +2,15% EURO R$ 6,33 -1,15% DÓLAR R$ 5,46 +0,00% MGLU3 R$ 14,56 +2,54% BBDC4 R$ 21,28 +5,24% IBOVESPA 114.647,99 pts +1,29% GGBR4 R$ 28,17 +0,21% ABEV3 R$ 15,53 -0,26% PETR4 R$ 29,60 -0,10% VALE3 R$ 80,68 +1,41%
ITUB4 R$ 24,76 +2,15% EURO R$ 6,33 -1,15% DÓLAR R$ 5,46 +0,00% MGLU3 R$ 14,56 +2,54% BBDC4 R$ 21,28 +5,24% IBOVESPA 114.647,99 pts +1,29% GGBR4 R$ 28,17 +0,21% ABEV3 R$ 15,53 -0,26% PETR4 R$ 29,60 -0,10% VALE3 R$ 80,68 +1,41%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Via (VIIA3), Inter (BIDI11) e Cyrela (CYRE3) são os destaques negativos

Índice caiu 3,1% entre 30 de agosto a 3 de setembro, passando de 119.739,96 pontos para 116.933,24 pontos

fachada do edifício do Banco Inter
(Foto: Inter/Divulgação)
  • O Ibovespa caiu 3,1% entre os pregões de 30 de agosto a 3 de setembro, passando de 119.739,96 pontos para 116.933,24 pontos
  • As três ações que mais caíram ao longo dos cinco pregões foram Via (VIIA3), Inter (BIDI11) e Cyrela (CYRE3)

O Ibovespa caiu 3,1% entre os pregões de 30 de agosto a 3 de setembro, passando de 119.739,96 pontos para 116.933,24 pontos. Na semana, o resultado abaixo do esperado para o PIB do segundo trimestre, que veio com queda de 0,1% ante perspectiva de alta de 0,2%, ajudou na derrapada do indicador.

Entretanto, as preocupações com os desdobramentos das manifestações programadas para 7 de setembro, assim como a aprovação da reforma tributária (que manteve a taxação de dividendos) e ruídos políticos foram determinantes para a performance do Ibov. Os riscos inflacionários e relacionados à crise hídrica também estão no radar dos investidores.

Dessa forma, o principal índice de ações da B3 passa a acumular uma baixa de 1,62% em 2021, na contramão dos pares estrangeiros. Na segunda (30), terça (31) e quinta (2), o Ibovespa registrou respectivas baixas de 0,78%, 0,80% e 2,28%. Já a quarta (1) e esta sexta (3) foram de altas, de 0,52% e 0,22%, respectivamente.

As três ações que mais caíram ao longo dos cinco pregões foram Via (VIIA3), Inter (BIDI11) e Cyrela (CYRE3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Via (VIIA3): -11,96%, R$ 9,62

Com o clima de aversão ao risco, os papéis da Via cederam 11,96% na semana, cotados a R$ 9,62.

As ações caem 7,89% no mês e 40,78% no ano.

Inter (BIDI11) : -11,47%, R$ 63,75

Em um movimento de realização após anúncio de aquisição, os papéis do Inter caíram 11,47% no período, cotados a R$ 63,75.

Os papéis caem 6,15% no mês. No ano, acumulam alta de 93,96%.

Cyrela (CYRE3): -11,40%, R$ 18,89

Com a expectativa de elevação nos juros (elevando os custos da empresa), os papéis da Cyrela sofreram durante a semana, com queda de 11,40%, precificados em R$ 18,89.

As ações estão caindo 6,63% no mês e 33,72% no ano.

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos