MGLU3 R$ 25,99 +1,96% DÓLAR R$ 5,47 +0,00% EURO R$ 6,66 +0,03% BBDC4 R$ 25,01 -1,84% IBOVESPA 117.380,49 pts -0,80% ITUB4 R$ 29,27 -2,14% PETR4 R$ 27,09 -1,67% ABEV3 R$ 15,15 -2,95% VALE3 R$ 93,17 -0,20% GGBR4 R$ 25,36 +1,36%
MGLU3 R$ 25,99 +1,96% DÓLAR R$ 5,47 +0,00% EURO R$ 6,66 +0,03% BBDC4 R$ 25,01 -1,84% IBOVESPA 117.380,49 pts -0,80% ITUB4 R$ 29,27 -2,14% PETR4 R$ 27,09 -1,67% ABEV3 R$ 15,15 -2,95% VALE3 R$ 93,17 -0,20% GGBR4 R$ 25,36 +1,36%
Delay: 15 min
  • Com uma fortuna avaliada em US$ 23,3 bilhões, ou R$ 119,8 bilhões, era considerado o homem mais rico do Brasil e o 37º do mundo, segundo levantamento da revista Forbes

Dono do Banco Safra e homem mais rico do Brasil, Joseph Safra morreu nesta quinta-feira (10), aos 82 anos, de causas naturais. A morte do empresário foi confirmada pela instituição financeira.

Safra, ou ‘Seu José’, como era chamado pelos mais próximos, nasceu no Líbano, em 1938, e migrou para o Brasil na década de 1960, para dar continuidade aos negócios do pai, no Banco Safra, fundado em 1955.

Em 1969, casou-se com Vicky Sarfaty, com quem teve quatro filhos e 14 netos. Com uma fortuna avaliada em US$ 23,3 bilhões, ou R$ 119,8 bilhões, era considerado o homem mais rico do Brasil e o 37º do mundo, de acordo com levantamento feito pela revista Forbes.

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos