Últimas notícias

Alpargatas (ALPA4): Controladores fazem oferta de até 32 milhões de ações

Segundo fato relevante, o preço corresponde a um prêmio de, aproximadamente, 17,2% do preço de fechamento das ações na sexta-feira, 19

Alpargatas (ALPA4): Controladores fazem oferta de até 32 milhões de ações
Foto: Amanda Perobelli/Estadão

A Alpargatas (ALPA4) informou há instantes que recebeu na sexta-feira, 19, correspondência da MS Alpa Participações dizendo que decidiu realizar uma oferta pública de aquisição (OPA) voluntária para adquirir até 32 milhões de ações preferenciais de emissão da companhia atualmente em circulação, pelo preço de R$ 10,50 por papel. O Itaú BBA é a instituição intermediária da oferta.

Segundo fato relevante, o referido preço corresponde a um prêmio de, aproximadamente, (a) 17,2% do preço de fechamento das ações na sexta-feira, 19; (b) 27,7% da média ponderada do preço das ações nos 30 dias anteriores à divulgação do edital; e (c) 26,0% da média ponderada do preço das ações nos 90 dias anteriores à divulgação do edital. O edital prevê condições de ajuste de preço e quantidade de ações abrangidas pela oferta, além de condições para eficácia da mesma.

A oferta permanecerá válida pelo prazo de 30 dias contados a partir de 23 de maio de 2023 (primeiro dia útil seguinte à divulgação do edital), encerrando-se em 21 de junho de 2023, data em que será realizado o leilão.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

A MS Alpa é controlada pelos atuais controladores da Cambuhy Alpa Holding Ltda e do Alpa Fundo de Investimento em Ações, entidades que integram o bloco de controle da companhia. Segundo a ofertante, a OPA “tem como objetivo viabilizar o aumento da participação societária do Grupo MS com relação às ações preferenciais de emissão da Companhia, em condições que assegurem aos acionistas destinatários da oferta tratamento equitativo, conferindo-lhes os elementos necessários para que possam tomar suas decisões a respeito da oferta de maneira informada, refletida e independente”.

Em correspondência da MS Alpa à Alpargatas, a ofertante informou que obteve as aprovações necessárias ao lançamento da oferta, inclusive perante a B3, e esclareceu que a não está sujeita a registro perante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Também informou que a oferta não implicará o cancelamento do registro da companhia como emissora da categoria “A”, a sua conversão para a categoria “B” ou a saída do segmento de listagem Nível 1.