EURO R$ 6,19 +0,98% MGLU3 R$ 6,93 +4,21% BBDC4 R$ 20,83 -1,19% DÓLAR R$ 5,46 +0,00% IBOVESPA 108.941,68 pts -0,15% ABEV3 R$ 14,69 +1,38% PETR4 R$ 31,90 +0,57% ITUB4 R$ 23,25 -0,17% GGBR4 R$ 27,42 -4,23% VALE3 R$ 84,75 -2,26%
EURO R$ 6,19 +0,98% MGLU3 R$ 6,93 +4,21% BBDC4 R$ 20,83 -1,19% DÓLAR R$ 5,46 +0,00% IBOVESPA 108.941,68 pts -0,15% ABEV3 R$ 14,69 +1,38% PETR4 R$ 31,90 +0,57% ITUB4 R$ 23,25 -0,17% GGBR4 R$ 27,42 -4,23% VALE3 R$ 84,75 -2,26%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Credit Suisse: Copom reforça cenário de Selic a 11,5% no fim do ciclo

Contudo, economista alerta para risco de um ritmo de aperto maior e possivelmente mais rápido

Fachada de um prédio do Credit Suisse, em Winterthur, na Suíça
Fachada de um prédio do Credit Suisse, em Winterthur, na Suíça (Foto: Reuters/Arnd Wiegmann)
  • Na estimativa do Credit Suisse, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechará em 9,8% neste ano e em 5,8% no ano que vem

A reunião de outubro do Comitê de Política Monetária (Copom), que elevou a Selic a 7,75%, reforça a expectativa de juros a 9,25% no fim de 2021 e a 11,50% no fim do ciclo, diz em relatório o Credit Suisse. Além de mais uma alta de 1,50 ponto porcentual em dezembro, o banco prevê 1 ponto em fevereiro, 0,75 ponto em março e 0,50 ponto em maio, com a taxa de 11,50% mantida até o fim de 2022.

“No entanto, os riscos tendem a um ritmo de aperto maior e possivelmente mais rápido, já que o quadro fiscal pode ser ainda mais enfraquecido durante o debate sobre o teto de gastos no Congresso”, analisa a economista-chefe do Credit Suisse Brasil, Solange Srour. “Mudanças na regra fiscal com o objetivo de aumentar as despesas nos próximos anos provavelmente reduzirão a credibilidade da regra para estabilizar a trajetória da dívida bruta no médio a longo prazo.” O banco projeta inflação acima do cenário atualizado pelo Copom em outubro, tanto para 2021 quanto para 2022.

Na estimativa do Credit Suisse, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechará em 9,8% neste ano e em 5,8% no ano que vem, ao passo que a entidade monetária espera taxas de 9,5% e de 4,1%, respectivamente.

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos