Tempo Real

Mercado Pago recupera alto valor de crédito no primeiro trimestre; saiba mais

Renegociações do Desenrola impulsionam recuperação de empréstimos inadimplentes, afirma fintech

Mercado Pago recupera alto valor de crédito no primeiro trimestre; saiba mais
Mercado Livre Foto: Aline Bronzati/Estadão

O Mercado Pago, banco digital do Mercado Livre (MELI34), teve um índice de recuperação de créditos quatro vezes maior no primeiro trimestre deste ano que no mesmo período do ano passado.

Embora não detalhe os índices, a fintech afirma que as renegociações do Desenrola, programa criado pelo governo federal, impulsionaram a recuperação de empréstimos inadimplentes.

O Mercado Pago participa do programa desde a primeira fase, que envolveu apenas dívidas bancárias e clientes com renda mensal acima de dois salários mínimos. Segundo a administradora do programa, o Mercado Pago foi a instituição que teve o melhor desempenho na recuperação econômica dos funcionários.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

“Participamos dessa agenda desde o início por acreditarmos no potencial do programa de restabelecer a capacidade econômica de milhares de brasileiros”, diz em nota a diretora de Políticas Públicas do Mercado Pago, Fernanda Laranja.

A executiva afirma ainda que na segunda fase, a chamada faixa 1, o banco digital oferece descontos de até 95% nas dívidas, com pagamento em até 60 parcelas e juros a partir de 1,99% ao mês.

O Mercado Pago não revela quantos clientes já renegociaram dívidas através do Desenrola.

Na semana passada, o programa havia atingido 14 milhões de pessoas, com a negociação de cerca de R$ 50 bilhões em dívidas.

O programa teve a vigência estendida até o dia 31 de maio, após uma nova extensão de prazo. O Desenrola acabaria no dia 31 de março, mas o governo federal decidiu estender a vigência para ampliar o público atendido.

Publicidade

Após a permissão de acesso à plataforma através de aplicativos de banco e dos birôs de crédito, o que deu novo fôlego à procura por renegociações e fez o governo ampliar o período de vigência.

O Mercado Pago afirma, na nota, ver a extensão do programa de forma positiva.