Tempo Real

Senado aprova isenção de IR para quem ganha até R$ 2.824; veja o que muda

Texto sobre a proposta já está em vigor, mas perderia a validade em junho

Senado aprova isenção de IR para quem ganha até R$ 2.824; veja o que muda
Imposto de Renda. (Foto: Juca Varella/Agência Brasil)

O Senado aprovou nesta quarta-feira (17) o Projeto de Lei (PL) n° 81, de 2024, que modifica as regras de isenção do Imposto de Renda (IR), beneficiando pessoas que ganham até dois salários mínimos (R$ 2.824).

A votação ocorreu de forma simbólica, sem registrar os nomes de cada senador. Agora o texto segue para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A proposta havia sido enviada ao Congresso Nacional na forma de uma Medida Provisória (MP) em fevereiro, mas acabou avançando via PL, já que as MPs têm tramitação mais longa e precisam passar por uma comissão mista, com deputados e senadores, antes de chegar ao Plenário. Em março, o texto já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

De acordo com o projeto, quem ganha até R$ 2.259,20 por mês não precisará mais pagar IR. Mas, na prática, o contribuinte com rendimentos de até R$ 2.824,00 mensais também será beneficiado com a isenção, porque pode subtrair dessa renda o desconto simplificado de R$ 564,80, instituído a partir da nova política de valorização do salário mínimo (Lei n° 14.663, de 2023). Confira abaixo como fica a tabela do IR com a ampliação do limite de isenção:

Rendimento mensal Alíquota Dedução
Até R$ 2.259,20 zero zero
De R$ 2.259,21 até R$ 2.824,00 com desconto de R$ 564,80 zero zero
De R$ 2.259,21 até R$ 2.828,65 sem desconto de R$ 564,80 7,50% R$ 169,44
De R$ 2.828,66 até R$ 3.751,05 15,00% R$ 381,44
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 22,50% R$ 662,77
Acima de R$ 4.664,68 27,50% R$ 896,00

 

Vale observar um ponto importante: essa mudança não altera nada na declaração do IR 2024, que é referente ao ano-calendário de 2023. Dessa forma, a nova tabela em vigor deve provocar alterações no documento apenas em 2025.

O que muda agora?

A nova tabela do IR já está em vigor desde fevereiro deste ano, já que a MP referente ao texto entrou em vigor a partir da data de sua publicação. No entanto, a proposta perderia a validade em junho e, para ser renovada, precisaria ser aprovada pelo Congresso. Por esse motivo, a votação do Senado desta quarta representa um passo importante, já que garante a continuidade da medida. Com a eventual sanção do texto pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a MP será revogada, dando lugar à lei.

Tudo que você precisa saber sobre o Imposto de Renda 2024

Vale lembrar que a declaração do IR em 2024 deve ser entregue até o dia 31 de maio. Para ajudar os contribuintes no processo, o E-Investidor também disponibiliza gratuitamente o E-book do IR 2024, com informações atualizadas para sanar as principais dúvidas dos leitores. O material completo pode ser acessado neste link.