ITUB4 R$ 23,54 -4,25% MGLU3 R$ 12,42 +0,89% DÓLAR R$ 5,65 +0,00% EURO R$ 6,58 -0,01% BBDC4 R$ 20,45 -3,91% IBOVESPA 106.296,18 pts -1,34% GGBR4 R$ 26,73 +0,72% PETR4 R$ 27,18 -1,13% ABEV3 R$ 15,00 -1,39% VALE3 R$ 76,08 +1,05%
ITUB4 R$ 23,54 -4,25% MGLU3 R$ 12,42 +0,89% DÓLAR R$ 5,65 +0,00% EURO R$ 6,58 -0,01% BBDC4 R$ 20,45 -3,91% IBOVESPA 106.296,18 pts -1,34% GGBR4 R$ 26,73 +0,72% PETR4 R$ 27,18 -1,13% ABEV3 R$ 15,00 -1,39% VALE3 R$ 76,08 +1,05%
Delay: 15 min
Criptomoedas

Prefeito de Miami tem planos de pagar funcionários em Bitcoin

Anúncio foi feito por Francis Suarez em entrevista para a Bloomberg

Moeda de bitcoin aparece em cima de máquina de cartão de crédito
A institucionalização do Bitcoin deve consolidar o cenário de valorização da moeda digital. (Foto: Shutterstock)
  • Francis Suarez, disse que é uma grande prioridade para a cidade poder pagar aos funcionários do governo em Bitcoin. “Quero nos diferenciar como uma cripto capital dos Estados Unidos ou do mundo”, afirmou.
  • Miami tem despontado no quesito criptomoedas assim como El Salvador e, inclusive, quando a China resolveu expulsar os mineradores do país, Suarez chegou a dizer que as portas da cidade estavam abertas para essas pessoas

Em uma entrevista para a Bloomberg realizada na terça-feira (12), o prefeito da cidade de Miami, Francis Suarez, disse que é uma grande prioridade para a cidade poder pagar aos funcionários do governo em Bitcoin. “Quero nos diferenciar como uma cripto capital dos Estados Unidos ou do mundo”, afirmou.

Segundo o portal de notícias, a cidade de Miami vai emitir uma proposta para ajudar a construir esse mecanismo de pagamentos, além de desenvolver uma forma de os moradores da cidade pagarem suas taxas, assim como impostos, em Bitcoin.

Vale lembrar que em fevereiro, Suarez apresentou uma proposta aos comissários da cidade para permitir que Miami investisse seus próprios fundos em Bitcoin. Entretanto, os estatutos da Flórida não permitem que os governos locais mantenham ativos voláteis em seus caixas.

O prefeito informou que se a cidade tivesse conseguido avançar na proposta e segurar os Bitcoins desde a proposição até agora, teria um caixa de 30% a 40% maior. Miami tem despontado no quesito criptomoedas, assim como El Salvador e, inclusive, quando a China resolveu expulsar os mineradores do país, Suarez chegou a dizer que as portas da cidade estavam abertas para essas pessoas.

Em entrevista para a rede de televisão, o prefeito disse que embora não tenha recebido pessoalmente nenhuma ligação de mineradores chineses, está procurando patrocinar essa diáspora de mineração, promovendo o fornecimento essencialmente ilimitado de energia nuclear barata para a cidade.

Nesta quinta-feira (14), por volta das 11h36, o Bitcoin estava em alta de 3,18%, cotado a US$ 57.434,23, o equivalente a R$ 316.290,30.

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos